Ruy Castro: Coragem ou irresponsabilidade?

Fonte: Ruy Castro em 16/03/2020 às 03:00 h

Carregando imagem...

Ao ver sua claque em frente ao Alvorada, Jair Bolsonaro saiu tocando mãos, deixando-se apalpar e tirando selfies com celulares de apoiadores que ele não sabe se estavam com o nariz escorrendo. Coragem ou irresponsabilidade? Se Bolsonaro está convicto de que o coronavírus é uma invenção da mídia e não liga para sua saúde, ótimo -os brasileiros de bem agradecem.
… (03/16/2020 – 01h00)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Ruy Castro: Em tempo real

Fonte: Ruy Castro em 15/03/2020 às 03:00 h

Carregando imagem...

“Acossado”, de Jean-Luc Godard, de 1960, faz 60 anos. Como já pode ser sexagenário um filme que, outro dia mesmo, mudou o cinema, a vida e tudo em volta? Mas é. Então me perguntei: o que achará dele um jovem que o assista hoje pela primeira vez? Enxergará essa modernidade que nos apaixonou ou verá nele uma relíquia como nós, em 1960, víamos os clássicos do passado –fabulosos, mas relíquias?
… (03/15/2020 – 01h00)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Ruy Castro: O cerco se fecha

Fonte: Ruy Castro em 13/03/2020 às 03:00 h

Carregando imagem...

Como faz há anos, Woody Allen continua tocando sua clarineta às segundas-feiras no Café Carlyle, em Nova York. Durante a hora e meia em que se apresenta, acompanhado por jazzistas tradicionais, é como se aquela música -temas de quase cem anos, como “Rosetta”, “Heebie Jeebies”, “Potato Head Blues”- o levasse a uma Nova Orleans que talvez nunca tenha passado de lenda, melhor que sua áspera realidade de hoje. O próprio Carlyle Hotel, em cujo térreo fica a boate, também é, desde 1930, um endereço mágico. Onde mais um presidente dos EUA, John Kennedy, poderia receber às escondidas a mulher mais famosa do mundo, Marilyn Monroe?
… (03/13/2020 – 01h00)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Ruy Castro: Receita de impeachment

Fonte: Ruy Castro em 11/03/2020 às 03:00 h

Carregando imagem...

Em sua guerra contra o Brasil e a favor de si mesmo, Jair Bolsonaro conta com o apoio de seus familiciares, meia dúzia de generais bovinos, uma rede digital clandestina de propaganda e auxiliares robotizados como Abraham Weintraub ou oportunistas como Sergio Moro. É material humano de encomenda para quem quer se sustentar no poder, mas não para administrar um país. Aliás, o desprezo de Bolsonaro pela administração se revela na maneira airosa e piadista com que trata os problemas.
… (03/11/2020 – 01h00)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Ruy Castro: Rir é o melhor remédio

Fonte: Ruy Castro em 09/03/2020 às 03:00 h

Carregando imagem...

Um amigo me perguntou ao telefone: “E aí, vendendo saúde?”. Respondi: “Não. Comprando saúde. Vou mais a farmácias do que a botequins”. Ele suspirou, “Eu também”, e me contou suas aventuras com o estojo de remédios que, uma vez por semana, os maiores de 200 anos têm de encher -um quadradinho para cada dia e hora, com a maior atenção, para não se tomar o remédio errado. Sei o que é isso. Encher esse estojo é um exercício que também pratico semanalmente.
… (03/09/2020 – 01h00)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Ruy Castro: Surdez por opção

Fonte: Ruy Castro em 06/03/2020 às 04:00 h

Carregando imagem...

Sempre que Jair Bolsonaro encara formalmente uma câmera para o que considera um importante pronunciamento, tem a seu lado um intérprete de Libras. Que, como se sabe, é a Língua Brasileira de Sinais, dirigida aos, com todo respeito, surdos. O Brasil tem 10 milhões de surdos, e, não fosse pelo intérprete, eles seriam os únicos patrícios a gozar do privilégio de não escutar as mentiras e grosserias com que Bolsonaro brinda os ouvintes. Mas nem os surdos são poupados. As afrontas à nação são traduzidas para seus olhos.
… (03/06/2020 – 01h00)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Ruy Castro: Risco de desaprender

Fonte: Ruy Castro em 04/03/2020 às 04:00 h

Carregando imagem...

A lista do treinador Tite para a seleção que vai disputar as primeiras rodadas das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 sairá nesta sexta-feira. Para os comentaristas, vários jogadores do Flamengo, pelo futebol acachapante que estão jogando, merecem ser convocados. Os comedidos falam em Gabigol, Bruno Henrique, Gérson, Everton Ribeiro e Rodrigo Caio. Outros citam os laterais Rafinha e Filipe Luís e o goleiro Diego Alves. E os radicais sugerem que se chame o time inteiro do Flamengo, com Neymar no lugar do uruguaio Arrascaeta.
… (03/04/2020 – 01h00)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Ruy Castro: Garrincha Flamengo

Fonte: Ruy Castro em 02/03/2020 às 04:00 h

Carregando imagem...

Questionada outro dia pelo meu amigo André Rizek sobre qual era o time do coração de Garrincha, Elza Soares não hesitou: “Flamengo”. Os jornais deram, mas não era novidade. Na internet, há outras declarações iguais de Elza. E, em meu livro “Estrela Solitária – Um Brasileiro Chamado Garrincha”, de 1995, já consta essa revelação. Ela me foi passada em Pau Grande (RJ) por Rosa, irmã mais mais velha do jogador. O menino Garrincha tinha uma camisa do Flamengo e podia levar dias sem tirá-la. 
… (03/02/2020 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Ruy Castro: A quebra da cadeia

Fonte: Ruy Castro em 01/03/2020 às 04:00 h

Carregando imagem...

O que tinham em comum Carmen Miranda, Aracy de Almeida, Dircinha Baptista, Dalva de Oliveira, Linda Baptista, Elizeth Cardoso, Marlene, Nora Ney, Doris Monteiro, Angela Maria, Sylvia Telles, Elza Soares, Nara Leão, Elis Regina? Foram algumas das maiores cantoras brasileiras. E eram cantoras-cantoras, não compositoras-cantoras. Nenhuma jamais botou uma semifusa ou palavra no papel. Tinham quem fizesse isso para elas: Ary Barroso, Assis Valente, Noel Rosa, Wilson Baptista, Ataulpho Alves, Dorival Caymmi, Herivelto Martins, Lupicinio Rodrigues, Billy Blanco, Antonio Maria, Tom Jobim, Baden Powell, Zé Kéti, Edu Lobo -todos eles, compositores-compositores, não compositores-cantores.
… (03/01/2020 – 01h38)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais