Show no Teatro Paschoal revive a Era do Rádio

Fonte: Tribuna de Minas | Júlio Black em 20/09/2019 às 15:30 h

Carregando imagem...

Espetáculo começou a ser idealizado em 2017 e apresenta alguns dos clássicos da época em que o rádio reinava supremo nos lares brasileiros (Foto: Divulgação)

É tarefa complicada imaginar, nos dias atuais, a importância que o rádio teve na vida das pessoas décadas atrás, principalmente quando não havia televisão, internet, telefone celular, computador, streaming, videocassete, aparelho de DVD, walkman e tantas maravilhas tecnológicas que estão por aí ou já viraram peça de museu. Talvez quem já tenha visitado os estúdios de algumas das antigas emissoras, como a finada Rádio MEC ou a outrora poderosa Rádio Nacional, pode ter uma noção desse poder, com seus estúdios que precisavam abrigar orquestras, plateia, palco para os artistas se apresentarem.

Ou, com sorte, conhecer alguém que vive essa época áurea e tenha muitas histórias para contar.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Zema sanciona lei que permite municípios a realizarem operações de crédito

Fonte: Tribuna de Minas | Paulo Cesar Magella em 20/09/2019 às 15:00 h

O governador Romeu Zema sancionou Lei aprovada pela Assembleia Legislativa autorizando os municípios a realizarem operações de crédito para reequilibrarem as finanças, após o atraso de transferências obrigatórias pelo Executivo.  De autoria do deputado Hely Tarquínio (PV), a norma define que as operações de crédito autorizadas são a cessão dos direitos creditórios provenientes dos atrasos das transferências devidas pelo Estado, para pessoas jurídicas de direito privado ou fundos de investimentos regulamentados pela Comissão de Valores Imobiliários, em troca de recursos.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Settra realiza projeto Vaga Viva no Dia Mundial Sem Carro

Fonte: Prefeitura | PJF – SETTRA em 20/09/2019 às 15:00 h

Carregando imagem...

Para comemorar o Dia Mundial Sem Carro, 22 de setembro, a Secretaria de Transportes e Trânsito (Settra) realizará o projeto Vaga Viva, que humanizará diversas vagas no Centro da cidade com apresentações e exposições culturais. O objetivo é conscientizar a população e diminuir o fluxo de veículos nas ruas. Integra a programação da Semana Nacional do Trânsito (SNT).Haverá apresentações em duas vagas na Rua Batista de Oliveira e em três na Rua Braz Bernardino. A ação conta com o apoio da Guarda Municipal, do Museu Mariano Procópio, que fará apresentação com fotos antigas da cidade, do Coral da Cesama e apresentação dos alunos do Conservatório Estadual de Música Haideé França Americano.*Informações com a Assessoria de Comunicação Settra 3690-7767.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Desinvestimento em combustível fóssil tem impacto zero no clima, diz Bill Gates

Fonte: Ciência :: Folha de São Paulo em 20/09/2019 às 15:00 h

Os ativistas do clima estão desperdiçando seu tempo ao pressionar investidores para que vendam suas ações em companhias do ramo de combustíveis fósseis, de acordo com Bill Gates, o bilionário cofundador da Microsoft que é um dos mais proeminentes filantropos do planeta.
… (09/20/2019 – 13h37)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Pesquisa avalia formação da identidade docente na Licenciatura em Química da UFJF

Fonte: UFJF em 20/09/2019 às 14:30 h

As contribuições do curso noturno de Licenciatura em Química da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) para desenvolver em seus alunos a identidade docente foram analisadas por Jéssica Costa Penha em sua pesquisa no Programa de Pós-graduação em Química. O estudo mostra que a formação oferecida contribui para a construção do perfil profissional adequado, especialmente porque possibilita um ambiente para que o estudante possa refletir sobre suas concepções com relação à carreira.  Nessa dinâmica, aponta a dissertação, o aluno consegue ter contato com a realidade escolar, além de viabilizar a discussão e a compreensão dos processos de ensino e de aprendizagem.

De acordo com a pesquisadora, o estudo foi desenvolvido em quatro fases: a primeira, identificou a relação dos objetivos propostos no Projeto Pedagógico do Curso com o desenvolvimento da identidade docente; a  segunda, analisou os documentos do Ministério da Educação utilizados para a elaboração do Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Química noturno.
Continue lendo “Pesquisa avalia formação da identidade docente na Licenciatura em Química da UFJF”

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Quando os EUA passaram a considerar racista pintar o rosto de preto

Fonte: El Pais | Yolanda Monge em 20/09/2019 às 14:30 h

Carregando imagem...

Racista, doloroso, ofensivo são alguns dos muitos qualificativos que se aplicam à ultrapassada prática de pintar o rosto de preto ou marrom para representar pessoas negras. Não importa a cor da pele que se tente imitar, seja qual for, se for diferente da cor com a qual se nasceu, é considerado racista nos Estados Unidos e no Canadá e em vários países, inclusive o Brasil. Fantasiar-se pintando o rosto de preto desumaniza e despreza todo um grupo, enquanto alimenta os piores estereótipos atribuídos aos afrodescendentes, dizem ativistas e especialistas.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

O povoado italiano que tratava Hitler como um herói

Fonte: El Pais | Laura Fernández em 20/09/2019 às 14:30 h

Carregando imagem...

O único que resta de Curon, um povoado de Val Venosta, no Tirol do Sul —região da Itália onde se fala majoritariamente alemão—, é parte de seu campanário. Na verdade, essa parte do campanário é a única coisa que se pode ver, porque o povoado continua lá, sob a enorme represa construída em 1950 contra a vontade de seus moradores. Curon é hoje uma cidade submersa, sobre a qual veleiros navegam e turistas se divertem no verão. Em 1921 se tornou, entretanto, a primeira localidade a ser subjugada por Benito Mussolini. ‘Não é verdade que o fascismo tenha começado com a Marcha sobre Roma. Começou antes, e foi em Curon, quando o ditador impediu seus habitantes de falarem sua língua, trabalharem e até de se vestirem como gostavam’. Quem fala é Marco Balzano, o escritor italiano que um dia se dispôs contar, no romance Resto Qui (‘Fico aqui’, finalista do prêmio Strega), a história do povoado para o qual Hitler era um santo.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Procura pela Universidade é três vezes maior em 10 anos

Fonte: UFJF em 20/09/2019 às 14:30 h

Carregando imagem...

De acordo com os números apresentados pela Sinopse Estatística da Educação Superior 2018, realizada pela Ministério da Educação, 76.653 estudantes aspiraram às vagas dos 96 cursos de graduação, oferecidos pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) no último ano. Entre o total de candidatos, 72.967 inscreveram-se para os cursos presenciais e 3.686 candidataram-se para graduações a distância, os dados representam concorrência média equivalente a 15,8 e a 4,9 pessoas por vaga, respectivamente. A série histórica da sinopse indica crescimento na procura estudantil pela UFJF cerca de três vezes maior do que em 2008.

Em comparação com o censo realizado há 10 anos, no último ano houve interesse de 47.879 candidatos a mais, considerando que em 2008, a UFJF recebeu 28.774 inscrições para uma das 35 graduações ofertadas na época.
Continue lendo “Procura pela Universidade é três vezes maior em 10 anos”

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Museu participa de ação da Semana Nacional de Trânsito

Fonte: Prefeitura | PJF – MUSEU MARIANO PROC?PIO em 20/09/2019 às 14:00 h

Carregando imagem...

A Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) realiza neste sábado, 21, ação relacionada à Semana Nacional de Trânsito e ao Dia Mundial sem Carro. A Fundação Museu Mariano Procópio é parceira da atividade, promovida em algumas vagas de área azul, que serão ocupadas com a exposição Imagens da Cidade, com reproduções de fotos que fazem parte do acervo da instituição. O objetivo é provocar reflexão sobre uma cidade sem tantos carros e com trânsito mais gentil e solidário.O contraste da exposição com as imagens da cidade em outras épocas, com o momento atual, será visto por quem passar pelo trajeto, onde diariamente circulam centenas de veículos. Além do Museu, a ação terá participação da Guarda Municipal, Coral da Companhia de Saneamento Municipal (Cesama) e do conservatório. A programação será das 9 às 12 horas, na Rua Braz Bernardino.Foto: Vinícius Ribeiro*Informações com a assessoria da Fundação Museu Mariano Procópio pelo telefone 3690-2004.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais