Elio Gaspari: Weintraub fez um Enem infernal

Fonte: Elio Gaspari em 22/01/2020 às 04:00 h

Carregando imagem...

É a mesma história, a quitanda abre tarde, sem berinjelas para vender nem troco para a freguesa. Não bastassem as filas do INSS, o governo conseguiu azucrinar a vida da garotada que fez o exame do Enem e viu-se tungada nas notas. Aos aposentados disseram que fila é “estoque” e atraso é “empoçamento”. Aos estudantes dizem que erro nas notas é “inconsistência” e que o Inep “imediatamente adotou medidas”. A primeira afirmativa é empulhação, a segunda, mentira.
… (01/22/2020 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Gregorio Duvivier: Sempre anunciaram o fim do mundo, mas agora não é a Bíblia, é a comunidade científica

Fonte: Gregorio Duvivier em 22/01/2020 às 04:00 h

Carregando imagem...

Toda a nossa sociedade se baseia na ideia de que a gente herdou o mundo dos nossos antepassados, e tudo se organiza pra honrar o seu legado. Nosso nome carrega o nome deles, as ruas carregam o nome deles, os estádios, as cidades, as doenças, as ideias. “I see dead people”, dizia o garoto de “O Sexto Sentido” -e ele não estava maluco. 
… (01/22/2020 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Hélio Schwartsman: Bolsonaro e os judeus

Fonte: Hélio Schwartsman em 22/01/2020 às 04:00 h

Carregando imagem...

Num mundo em que versões prevalecem sobre fatos, criou-se a ideia de que a comunidade judaica brasileira em bloco apoia Jair Bolsonaro. A tese não procede. Como qualquer grupo razoavelmente heterogêneo, os judeus se dividiram em relação à candidatura do capitão reformado. Não existem pesquisas que permitam estimar números, mas é certo que a cisão foi acrimoniosa. Para dar uma medida do grau de polarização, basta lembrar que a direção da Confederação Israelita do Brasil praticamente entrou em guerra com o embaixador de Israel, que se tornou recentemente “amigo de infância” de Bolsonaro.
… (01/22/2020 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Ruy Castro: Pátria amada

Fonte: Ruy Castro em 22/01/2020 às 04:00 h

Carregando imagem...

Sou despertado todos os dias pelo rádio de cabeceira. Os locutores têm fixação por engarrafamentos, as vinhetas musicais são longas e repetitivas e o Brasil parece sempre pior do que na véspera. É bastante para fazer o cidadão pular da cama e ir à vida, em vez de tentar mais dez minutos de cochilo. E, mesmo que não fosse, há os anúncios da propaganda oficial com as façanhas dos ministérios, todos terminando com a assinatura: “Ministério tal. Governo Federal. Pátria amada, Brasil”.
… (01/22/2020 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Paul Krugman: Por que os Estados Unidos odeiam suas crianças

Fonte: Paul Krugman em 21/01/2020 às 20:00 h

Carregando imagem...

Um dia desses, um correspondente me fez uma boa pergunta: sobre que questão importante não estamos falando? Minha resposta, depois de alguma reflexão, é a situação das crianças dos Estados Unidos.
Não é inteiramente justo afirmar que estamos ignorando as dificuldades de nossas crianças.
… (01/21/2020 – 14h07)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Hélio Schwartsman: O buraco é mais embaixo

Fonte: Hélio Schwartsman em 21/01/2020 às 04:00 h

Carregando imagem...

Já se tornou um lugar-comum classificar o governo de Jair Bolsonaro como anticientífico. Eu receio, porém, que o buraco seja mais embaixo. A administração Bolsonaro é não apenas anti-intelectual mas também pré-lógica e antifactual.
… (01/21/2020 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Juca Kfouri: Os loucos por futebol encontraram rivais à altura em Brasília

Fonte: Juca Kfouri em 20/01/2020 às 05:00 h

Carregando imagem...

“O leitor que só enxerga a vida pelo prisma da política vai achar que a coluna é sobre um secretário de Cultura que plagiou de Goebbels, a frase, o filmete e o projeto cultural heroico-nacionalista. Ou sobre um presidente que o elogia de noite e demite de manhã, por um ?pronunciamento infeliz?. Mas não é”, escreveu Marcelo Leite, com o brilho de sempre.
… (01/20/2020 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais