Bolsonaro tenta guinada na resposta a coronavírus, lança pacote para informais, mas prevê corte salarial

Fonte: Brasil & Mundo – El Pais | Afonso Benites em 18/03/2020 às 23:00 h

Carregando imagem...

O presidente Jair Bolsonaro tenta recalcular a rota de ação contra o coronavírus, uma crise sanitária e econômica que se projeta como sem precedentes e o expôs, pela primeira vez, a uma bateria de panelaços como sinal de descontentamento. Ao anunciar uma série de medidas sanitárias e econômicas para enfrentar a disseminação da Covid-19, o presidente mudou sua conduta e disse que sempre se preocupou com o avanço da doença, que chamava de ‘fantasia’. Também endossou um pacote econômico para proteger uma fatia da população até então ignorada nas medidas de ajuda: os 38 milhões de trabalhadores informais, ainda que também tenha proposto que empregadores possam reduzir salários durante a emergência.

Seguir leyendo

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Na espiral do coronavírus, o juro mais baixo no Brasil encontra o dólar mais caro da história, a 5,20 reais

Fonte: Brasil & Mundo – El Pais | Heloísa Mendonça em 18/03/2020 às 23:00 h

Carregando imagem...

Nesta segunda-feira, o dólar fechou pela primeira vez na história cotado acima de 5 reais, quebrando uma barreira psicológica no câmbio. Era só um prenúncio do que viria em seguida. Após mais um dia de pânico nos mercados financeiros, refletindo a crise da pandemia de coronavírus, a moeda norte-americana fechou em 5,1976 nesta quarta, depois de alcançar 5,238 ao longo do dia. O valor recorde fez a moeda brasileira acumular uma desvalorização de 21,11% neste ano (até o dia 18 de março). Comparada a outras divisas dos países emergentes, o real é hoje a que mais se depreciou em 2020, seguida pelo pelo peso colombiano (-18,38%) e o peso mexicano (-16,79%).

Seguir leyendo

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

PJF determina fechamento do shoppings e centros comerciais

*Matéria atualizada com correção: comércio de rua em geral permanece aberto

Dois dias após anunciar a edição de um decreto com medidas preventivas de enfrentamento ao avanço do coronavírus, a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) publicou em caráter extraordinário, no Diário Oficial Eletrônico do Município, um novo decreto no início da noite desta quarta-feira (18), em que aumenta as restrições na cidade para evitar aglomerações e reforçar o isolamento social, recomendado pelas autoridades de saúde. O novo dispositivo declara situação de emergência em saúde pública, em decorrência da infecção humana pelo novo coronavírus (Covid-19).

O texto traz ainda restrições de funcionamento ao setor privado e fica proibido o funcionamento de shoppings centers e centros comerciais.
Continue lendo “PJF determina fechamento do shoppings e centros comerciais”

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Cientistas lançam observatório de Covid-19 no Brasil em tempo real e dizem que casos podem chegar a 1.600 em quatro dias

Fonte: C&T – Folha de São Paulo em 18/03/2020 às 22:00 h

Carregando imagem...

Um grupo de pesquisadores brasileiros lançou nesta quarta (18) o Observatório Covid-19 BR, que, além de apresentar os dados da epidemia em tempo real no Brasil, traz informações como o tempo que o número de infectados leva para dobrar e o número reprodutivo, que indica para quantos outros indivíduos uma pessoa infectada em média transmite […] … Leia post completo no blog
… (03/18/2020 – 21h21)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Bolsonaro é alvo de panelaço pelo segundo dia consecutivo

Fonte: Brasil & Mundo – El Pais | Gil Alessi em 18/03/2020 às 21:30 h

Carregando imagem...

Pelo segundo dia consecutivo o presidente Jair Bolsonaro foi alvo de um panelaço durante a noite desta quarta-feira. Assim como ocorreu na terça, por volta das 20h30 foram ouvidos gritos de ‘fora Bolsonaro’, ‘fora Guedes’ e ‘dólar a 5,20’, acompanhados pelo bater de panelas em diversas regiões de São Paulo. O protesto, que durou mais de 40 minutos, contou com carros que passava buzinando pelas ruas e moradores de apartamentos piscando a luz nas janelas. Durante a tarde, carros de som convocavam para o protesto contra o presidente em vários pontos da cidade. A iniciativa, intitulada ‘Vozes na janela’ e organizada via redes sociais, ocorreu em várias cidades, como Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Brasília e Recife. Este tipo de manifestação, muito comum na Argentina, se popularizou durante o Governo de Dilma Rousseff, especialmente em 2016, ano em que ela sofreu um impeachment.
Continue lendo “Bolsonaro é alvo de panelaço pelo segundo dia consecutivo”

Compartilhe esta postagem nas redes sociais