Hélio Schwartsman: Só um livro velho

Fonte: Hélio Schwartsman em 15/02/2020 às 04:00 h

Carregando imagem...

A polêmica é deliciosa. Em 2017, a bancada religiosa da Assembleia Legislativa paulista aprovou uma lei que autorizava presos a usar a leitura da Bíblia para abater dias de sua pena. O então governador Geraldo Alckmin vetou pontos da norma, por entender que eles invadiam competência federal. Inconformados, parlamentares embalaram os trechos vetados num novo projeto, que foi aprovado em 2018 e sancionado pelo então novo governador Márcio França.
… (02/15/2020 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais