Servidores da rede estadual de educação mantêm greve

Fonte: Tribuna de Minas | Gabriel Ferreira Borges em 14/02/2020 às 19:30 h

Deflagrada a partir da última terça-feira, a greve dos trabalhadores em educação da rede estadual de ensino foi mantida, por unanimidade, nesta sexta (14), em nova assembleia realizada em Belo Horizonte. A categoria questiona a ausência de diálogo com o Governo Romeu Zema (Novo) acerca de reivindicações como a valorização salarial, o pagamento integral do 13º salário e o cumprimento do piso salarial da classe – conforme as leis estadual 21.710/2015 e federal 11.738/2008. Entretanto, a Secretaria de Estado de Educação reafirma que mantém ‘um diálogo franco e aberto’ com representantes sindicais. Os servidores da educação realizarão, na próxima quinta, nova assembleia para definir os rumos do movimento.

Ao passo que os trabalhadores em segurança pública estão em vias de atingir recomposição inflacionária de seus vencimentos do período entre 2015 e 2020, os trabalhadores da rede estadual de ensino pleiteiam a abertura de negociações com representantes do Estado.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais