Flúor vilão ou mocinho?

Fonte: Tribuna de Minas | Alice Amaral em 29/12/2019 às 19:00 h

Substância encontrada nas pastas de dente, nos fios dentais e até mesmo na água pode trazer mais malefícios que benefícios. Esta substância química ‘calcifica’ a glândula pineal, responsável, dentre outras coisas, pela produção de melatonina, que regula o sono e a vigília, ocasionando uma série de distúrbios que vão desde desequilíbrios hormonais até transtornos do sono e doenças psiquiátricas.

O flúor é um elemento químico básico, um gás que não ocorre livremente na natureza. Surgem fluoretos quando o flúor reage com outros elementos. Os fluoretos mais utilizados na pasta de dente não são substâncias estranhas para o corpo humano. Eles são um componente natural de dentes e ossos. Em particular para a prevenção da cárie, utilizam-se fluoreto de sódio, fluoreto de potássio e fluoretos de amina.

Mas há algo sobre o flúor que não é mencionado: ele é extremamente tóxico.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fala quem sabe

Fonte: Tribuna de Minas | Cesar Romero em 29/12/2019 às 10:30 h

Carregando imagem...

  Fala quem sabe

No balanço do ano, os altos e baixos da economia

Para alguns segmentos, a economia encerra 2019 melhor que o esperado. Venda de veículos, por exemplo, deve crescer 3%; eletrônicos (5%), papelão ondulado (4%), construção civil (2%). São índices de segmentos demandados e demandantes de outros segmentos. Mas a ociosidade na indústria, em geral, continua expressiva. Em serviços, o crescimento ficará em torno de 1%; comércio, 4,5%; e o agronegócio vai bem, obrigado. Apesar da ligeira melhora no quadro febril, o crescimento do PIB em 2019 ficará na faixa de 09% a 1,2’%, segundo os ‘especialistas’. Muito abaixo da média de 4,5% ao ano dos oito anos do governo Lula.

Enquanto a inflação medida pelo IPCA deve ficar abaixo de 4% e a taxa de juros SELIC fecha o ano em 4,5%, bons sinais, há indicadores preocupantes: o desemprego com quase 13 milhões de desempregados (12% da população economicamente ativa) preocupa; o déficit em transações correntes supera US$ 45 bilhões e os investimentos, públicos e privados, decepcionam.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Show do ‘rei’ em Curitiba

Fonte: Tribuna de Minas | Cesar Romero em 29/12/2019 às 10:00 h

Carregando imagem...

Show do ‘rei’ em Curitiba: Após assistir e aplaudir de pé Roberto Carlos no show especial de Natal, na Ópera de Arame, Patrícia Dahbar fez questão de cumprimentar o ‘rei’.

Toque ‘Ano novo, vida nova, mas que continue assim a paz desse fim de ano no ano que vem’Gabriel Reichert Evaldt

Voo Livre
Mesa de animados papos, no Brasão, reunia José Mariano Moraes, Marcus Pestana e Márcio Itaboray.

Eduardo Brigolini passa o réveillon em uma fazenda, perto de Leopoldina. No início de janeiro vai a Paris e depois visita a região de Champanhe.

Aniversariando, Regina Passos, Neuza de Assis Mitterhofer, o promotor José Célio Martins de Abreu, Lara Guedes de Oliveira, Maricy Avelar e Rosângela Cavalcante.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

O charme e a elegância da Miss Juiz de Fora, Luísa Rocha, no último domingo de 2019

Fonte: Tribuna de Minas | Cesar Romero em 29/12/2019 às 10:00 h

Carregando imagem...

O charme e a elegância da Miss Juiz de Fora, Luísa Rocha, no último domingo de 2019

Virada em JF
Empresário do ramo do entretenimento, Alex Monteiro (com Mariana Souza) vai passar o réveillon com a família na cidade.
Depois, eles seguem para um cruzeiro e se preparam para o nascimento da filha Helena.

Réveillon no Rio
Bianca Barczewski e Matheus Ferreira vão romper o ano na orla carioca. Aliás, Matheus e Bruno Lawall iniciam 2020 com o escritório de advocacia reformulado.

Ritmo de expansão
O Rodoviário Camilo dos Santos vai começar 2020 com a inauguração de uma filial em Macaé (RJ). Será no dia 6.

Exemplo a seguir
Entre os muitos e bons exemplos que vêm do Sul do País – indiscutivelmente a região com o maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) – um deles seria de grande utilidade para Juiz de Fora.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fila para candidatos

Fonte: Tribuna de Minas | Paulo Cesar Magella em 29/12/2019 às 10:00 h

Já passa de uma dezena o número de deputados estaduais que pretendem disputar as eleições de outubro de 2020, tanto para prefeito quanto para vice. Entre os prováveis nomes com domicílio eleitoral em Juiz de Fora estão Sheila Oliveira (PSL) e Roberto Cupolillo (PT). Betão, no entanto, depende da deputada Margarida Salomão, que lidera a lista de preferência dentro e fora do partido. Se ela não topar mais uma disputa, o parlamentar, cumprindo seu primeiro mandato na Assembleia, é uma opção. O ex-deputado Isauro Calais, primeiro suplente do MDB, está na fila de espera. Se o partido eleger mesmo que seja um só deputado para prefeito, ele retorna ao Legislativo do Estado.

Audiências públicas

A Câmara vai antecipar para a primeira quinzena de janeiro o período de reuniões ordinárias e, com ele, também as audiências públicas.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais