Não faltou torcida vermelha e preta em JF

Fonte: Tribuna de Minas | Júlia Pessôa em 21/12/2019 às 19:30 h

Carregando imagem...

Não seria um equívoco dizer que boa parte de Juiz de Fora amanheceu rubro-negra neste sábado (21), em que o Flamengo disputou o título mundial contra o Liverpool. No São Mateus, certamente preto e vermelho eram cores que predominavam nas ruas do bairro abarrotado de barzinhos, a maioria dos quais transmitindo a disputa.
Antes mesmo da partida, trombei com o ambulante José Maria Melo, 57, que é paulistano e palmeirense. Especialmente neste sábado, foi flamenguista desde criancinha. Paramentado com camisa, bandana e tudo, ele carregou bandeirolas, flâmulas e diversos acessórios que esperava vender até o fim da partida. ‘O Flamengo está muito bem, e é bom ver as pessoas felizes assim. Acho que vendo tudo’, disse ele.

 

O ambulante palmeirense José Maria estava confiante que faria bons negócios (fotos: Júlia Pessôa)

No Point da Esquina, famoso reduto de flamenguista, a disputa pelas mesas começou por volta de 13h.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais