Proex abre edital para 50 novas bolsas de extensão

Fonte: UFJF em 03/12/2019 às 17:00 h

Carregando imagem...

Concorrem programas e projetos propostos por TAEs e docentes (Foto: Visual Hunt)

A Pró-reitoria de Extensão (Proex) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) está com novo edital aberto para a atuação na extensão universitária. São disponibilizadas 50 bolsas de extensão aos programas e/ou projetos propostos pelos técnico-administrativos em Educação (TAEs) e professores da UFJF, e professores convidados das diferentes unidades acadêmicas e setores em Juiz de Fora e Governador Valadares, aprovados conforme regras do edital e disponibilidade orçamentária da Universidade.

O edital nº 016/2019 prevê recursos para custeio de atividades, como transporte, passagens, diárias e materiais de consumo, com um orçamento limite de até R$ 1.500 para o ano de 2020.

São oferecidas uma cota para a modalidade de Programa e três para a modalidade Projetos.

Os projetos e programas devem ser inscritos para atender as demandas espontâneas da comunidade acadêmica, propor uma ação transformadora da extensão sobre os problemas sociais e estabelecer uma relação dialógica entre extensionistas e sociedade. As propostas devem ser submetidas até 12 de dezembro e a vigência das ações é de 12 meses.

A submissão é realizada exclusivamente on-line, ou seja, as propostas devem ser submetidas via Sistema Integrado de Gestão Acadêmica (Siga Extensão). É possível solicitar bolsas de Extensão para alunos de graduação e vagas de voluntários para graduandos; pós-graduandos de mestrado, doutorado e de cursos lato sensu; e para estudantes do Ensino Médio.

OportunidadeDe acordo com a pró-reitora de Extensão, Ana Lívia Coimbra, a publicação do edital é uma oportunidade para a apresentação de projetos e/ou programas que, por algum motivo, tenham sido indeferidos anteriormente. ‘O objetivo é de que essas atividades se iniciem em março e ofereçam bolsas e cotas de custeio para a realização das ações. Além disso, é importante que os proponentes leiam o documento para que possam cumprir as exigências apresentadas, principalmente para que, no futuro, sejam estabelecidos convênios com instituições externas à UFJF para a realização das propostas.’

Ana Lívia também chama a atenção para o fato de que os projetos devem ser de conhecimento da chefia de departamento e da direção da Unidade Acadêmica para que as atividades sejam incluídas formalmente no plano de atividades docentes e de técnico-administrativos em Educação (TAEs). ‘É importante lembrar que o foco central do desenvolvimento das ações deve contribuir com a melhora das condições de vida das pessoas que participam das atividades extensionistas oferecidas pela UFJF.’

Outras informações(32) 2102-3960 –  (Pró-reitoria de Extensão-UFJF)

extensao@ufjf.edu.br

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais