Decisão do Regional de Ubá será entre Nacional e Industrial

Fonte: Tribuna de Minas | Tribuna em 11/11/2019 às 22:00 h

Carregando imagem...

Nacional e Industrial garantiram o direito de disputar o título do Regional da Liga Atlética Ubaense (LAU) de 2019. No último domingo (10), o Nacional, de Visconde do Rio Branco (MG), assegurou a segunda vaga para a final do campeonato ao vencer a partida de volta da semifinal por 2 a 0 diante do Bonsucesso, fora de casa, no Estádio Silvio Braga, em Ubá (MG). Somando o empate de 2 a 2 da partida de ida, da semana anterior, o placar agregado de 4 a 2 levou os rio-branquenses à final.

Equipe do Nacional comemora a vaga para a decisão (Foto: Instagram Sh0wdeb0la)

O adversário da disputa pelo troféu, Industrial de Ubá, já estava classificado desde o último dia 3 de novembro, quando venceu o Itararé por 5 a 0 (6 a 1 no agregado), em casa. Por motivos de segurança, a organização do torneio preferiu agendar as partidas de volta das semifinais – as duas em Ubá – em domingos distintos.

As datas e os horários dos jogos da final não foram confirmados até o fechamento desta edição.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Vereador quer passe livre para conselheiros tutelares

Fonte: Tribuna de Minas | Tribuna em 11/11/2019 às 22:00 h

O vereador Júlio Obama Jr. (PHS) protocolou na Câmara projeto de lei que pretende conceder passe livre no transporte coletivo urbano para conselheiros tutelares de Juiz de Fora. A proposição defende que o benefício seja dado quando os conselheiros estiverem atuando em serviço das políticas de atendimento à criança e ao adolescente e pelo período correspondente ao tempo de mandato.

‘O passe livre será concedido mediante apresentação da carteira de identificação do conselheiro tutelar’, afirma parágrafo único do projeto de lei. Ainda de acordo com a proposição, caso o texto seja aprovado e transformado em lei, caberá ao conselho tutelar a confecção do documento de identificação, que será de uso pessoal e intransferível, ‘não podendo o conselheiro fazer uso do passe livre fora das suas atividades institucionais, sob pena de perda do mandato, garantida ampla defesa’.

‘A gratuidade no transporte público intermunicipal autorizado é mais um instrumento que ajudará o conselheiro a desenvolver o trabalho em favor de crianças e adolescentes em situação de risco, dando mais agilidade no ir e vir desses profissionais para seus respectivos locais de trabalho, aprimorando assim a qualidade do serviço que eles oferecem para a sociedade’, afirma Júlio Obama na justificativa anexada ao projeto de lei.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Frente fria causa chuva e declínio nas temperaturas em JF

Fonte: Tribuna de Minas | Vívia Lima em 11/11/2019 às 22:00 h

A chegada de uma frente fria provoca queda das temperaturas em Juiz de Fora, assim como nas cidades da Zona da Mata. Depois de uma semana de altas temperaturas, a segunda semana do mês de novembro será marcada por termômetros marcando máximas mais amenas, não ultrapassando os 26 graus. A mínima deve ser na casa dos 17 graus.

Conforme o Instituo Nacional de Meteorologia (Inmet), a massa de ar frio passa pelo litoral do Rio de Janeiro e nesta terça-feira (12) começa a trazer efeitos para os mineiros, causando intensificação de áreas de instabilidade. A tendência é de céu fica encoberto com possibilidade de chuvas e trovoadas a qualquer momento do dia. Essa condição deve permanecer, pelo menos, até no feriado da Proclamação da República, comemorado na próxima sexta-feira (15).

Nesta segunda (11), teve chuva, céu nublado, mas o sol também apareceu para os juiz-foranos e deixou o dia abafado.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Bolsonaro assina medida provisória que extingue o Dpvat

Fonte: Tribuna de Minas | Tribuna em 11/11/2019 às 21:30 h

O presidente Jair Bolsonaro assinou medida provisória (MP) extinguindo, a partir de 1º de janeiro de 2020, o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por veículos automotores de via terrestre, o chamado Dpvat. De acordo com o Governo, a medida tem por objetivo evitar fraudes e amenizar os custos de supervisão e de regulação do seguro por parte do setor público, atendendo a uma recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU).

Pela proposta, os acidentes ocorridos até 31 de dezembro de 2019 continuam cobertos pelo DPVAT. A atual gestora do seguro, a Seguradora Líder, permanecerá até 31 de dezembro de 2025 como responsável pelos procedimentos de cobertura dos sinistros ocorridos até a da de 31 de dezembro deste ano. ‘O valor total contabilizado no Consórcio do Dpvat é de cerca de R$ 8,9 bilhões, sendo que o valor estimado para cobrir as obrigações efetivas do Dpvat até 31/12/2025, quanto aos acidentes ocorridos até 31/12/2019, é de aproximadamente R$ 4,2 bilhões’, informou o Ministério da Economia.

De acordo coma pasta, o valor restante, cerca de R$ 4.7 bilhões, será destinado, em um primeiro momento, à Conta Única do Tesouro Nacional, em três parcelas anuais de R$ 1.2 bilhões, em 2020, 2021 e 2022.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais