Falta de conversas marca relações de tucanos e emedebistas

Fonte: Tribuna de Minas | Paulo Cesar Magella em 09/10/2019 às 21:30 h

Quando articulava com o senador Tancredo Neves a criação do Partido Popular (PP) – uma dissidência do MDB -, o ex-governador Magalhães Pinto, ao ser indagado pelos repórteres sobre o que estava faltando para fechar o acordo, respondeu ao estilo das raposas políticas: ‘não há qualquer desentendimento entre nós, mas falta entendimento’. Talvez seja esse o cenário entre o PSDB do prefeito Antônio Almas e o MDB do ex-prefeito Bruno Siqueira. Não estão brigados, mas precisam discutir a relação para a aliança voltar ao que era antes, quando os dois partidos venceram as eleições municipais. Para tanto, os bombeiros já estão em campo. Depois do desabafo de Bruno, na última segunda-feira, durante reunião do MDB, muitas conversas já ocorreram para ver o que pode ser acertado.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais