A doença que inspirou Joaquin Phoenix em sua risada demente de ‘Coringa’

Fonte: El Pais | Verónica Palomo em 09/10/2019 às 21:00 h

Carregando imagem...

O riso é sinônimo de que tudo vai bem, e seus benefícios em nível físico e psíquico são quase infinitos. Ao menos é o que se pensa até ver a atuação de Joaquin Phoenix em Coringa. Os roteiristas do filme descrevem a risada do vilão como algo sombrio e doloroso, e é o que transmite magistralmente o ator, que, segundo contou nas entrevistas promocionais, inspirou-se em vídeos de pessoas que sofriam de ataques de riso incontroláveis. Phoenix conta que observou especificamente uma paciente que, enquanto convulsionava com o riso, segurava o próprio pescoço em sinal de dor, como se estivesse se afogando. Sim, soa angustiante, mas essa é justamente a intenção do filme: mostrar o sofrimento que há por trás da célebre e compulsiva gargalhada, mas também que há um motivo para que essa explosão ocorra.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais