As seis semanas que levaram Trump às portas do impeachment

Fonte: El Pais | Amanda Mars em 28/09/2019 às 23:00 h

Carregando imagem...

Um total de 77 palavras para resumir o escândalo que colocou o país mais poderoso do mundo de ponta-cabeça: ‘Recebi informações de vários funcionários do Governo norte-americano de que o presidente dos Estados Unidos está usando o poder de seu cargo para pedir a interferência de um país estrangeiro nas eleições de 2020. Essa interferência inclui, entre outras coisas, a pressão sobre um Governo estrangeiro para investigar um dos mais importantes adversários políticos domésticos do presidente. O advogado pessoal do presidente, Rudolph Giuliani, é uma figura central nesse esforço. O procurador-geral Barr também parece estar envolvido’.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Estudo indica que queimadas na Amazônia ocorreram em áreas desmatadas em 2019

Fonte: El Pais | Karla Mendes (Mongabay) em 28/09/2019 às 21:00 h

Carregando imagem...

As dramáticas fotos de uma Amazônia em chamas que atraíram a atenção mundial em agosto não correspondem à queima de florestas tropicais, e sim a áreas que foram desmatadas ao longo de 2019 e incendiadas em agosto para concluir sua conversão para uso agrícola. É o que revela um relatório divulgado esta semana pelo Projeto de Monitoramento da Amazônia Andina (MAAP) ao qual a Mongabay teve acesso exclusivo antes de seu lançamento.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

MG2 – Edição de sábado, 28/09/2019

Fonte: MGTV 2ª Edição em 28/09/2019 às 20:30 h

Carregando imagem...

MG2 – Edição de sábado, 28/09/2019
Confira nesta edição que as lojas estão se preparando para o Dia das Crianças em Juiz de Fora. Veja também que quatro mil mudas foram plantadas neste sábado na região de Sericícola em Barbacena. E ainda, motorista perde o controle e cai com carro em córrego em Leopoldina.
Tempo: 16:15

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Filme brasileiro ‘Pacificado’ ganha a Concha de Ouro do festival de San Sebastián

Fonte: El Pais | Gregorio Belinchón em 28/09/2019 às 19:30 h

Carregando imagem...

O filme brasileiro Pacificado, do diretor norte-americano Paxton Winters, foi o grande vencedor do 67º Festival de San Sebastián. Graças ao seu mergulho na violência das favelas do Rio de Janeiro nos dias posteriores aos Jogos Olímpicos, o drama venceu a Concha de Ouro, o prêmio de melhor ator (Bukassa Kabengele) e o de melhor fotografia. Kabengele encarna um homem recém-saído da prisão que tenta recuperar a relação com a filha adolescente no meio do campo de batalha urbano. Os moradores da favela esperam que Jaca lidere de novo a luta, mas ele já é um homem pacificado, que deseja se distanciar da violência do crime.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

A vida transtornada do soldado que inspirou ‘Rambo’

Fonte: El Pais | Rubén Romero Santos em 28/09/2019 às 19:00 h

Carregando imagem...

Em 1982, com Rambo: Programado para Matar, o mundo descobriu John Rambo, o herói encarnado por Sylvester Stallone. Antigo veterano do Vietnã, no filme era capaz de acabar com metade da população do país armado com uma pedra, uma faca, um arco e algumas flechas. Durante toda a década de oitenta, foi o rosto da americanada extremamente violenta: um cara à margem da administração que fazia justiça por conta própria. O que muitos não sabiam é que Rambo, ou pelo menos parte dele, era inspirado em alguém real, com uma biografia quase tão inacreditável quanto a do personagem interpretado por Stallone.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Ferroviária, o clube pioneiro no futebol feminino que desafia o Corinthians na final do Brasileirão

Fonte: El Pais | Diogo Magri em 28/09/2019 às 19:00 h

Carregando imagem...

Ferroviária e Corinthians se enfrentam neste domingo, às 14h (horário de Brasília), pelo segundo jogo da final do Brasileirão feminino de 2019, no Parque São Jorge, em São Paulo. Depois de empatar por 1 a 1 em Araraquara, o Corinthians perdeu a sequência recorde de 34 vitórias seguidas em torneios oficiais, mas ainda chega como favorita para conquistar o bicampeonato nacional em casa, coroando uma campanha de apenas uma derrota em 20 partidas. Do outro lado, a Ferroviária chega sem a pompa corinthiana, mas carrega um histórico que vai além da reputação de um time do interior paulista: no futebol feminino, a equipe tem títulos continentais, jogadoras de seleção brasileira e quase 20 anos de investimento. A partida terá a transmissão da Band na televisão aberta.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Os antiperegrinos

Fonte: El Pais | Rebeca Carranco em 28/09/2019 às 18:00 h

Carregando imagem...

Com o terço na mão, uma mulher fala alto. ‘Ave-Maria Puríssima’, balbucia. O resto do grupo repete a reza. São todos brasileiros. Ultrapassar outros peregrinos no Caminho de Santiago é sempre um prazer, um desafio pessoal. ‘Bom caminho!’, você diz ao passar por eles, sorridente, simulando boa fé. Além de satisfatório, no caso dos brasileiros é necessário: não há quem se concentre em alguma coisa com semelhante litania de fundo.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Aras diz que atitude de Janot é inaceitável, mas que não macula MP

Fonte: El Pais | Rodolfo Borges em 28/09/2019 às 18:00 h

Carregando imagem...

Recém-empossado no posto de procurador-geral da República, Augusto Aras esperou pouco mais de um dia para se manifestar sobre as polêmicas declarações de um de seus antecessores no cargo. Na manhã deste sábado, o novo chefe da PGR divulgou nota para dizer que “os erros de um único ex-procurador não têm o condão de macular o MP e seus membros”. Ele se referia a Rodrigo Janot, que revelou em entrevistas concedidas para divulgar seu livro de memórias (a ser lançado) que chegou a entrar armado no Supremo Tribunal Federal (STF) para matar o ministro Gilmar Mendes.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais