Homem perde R$ 3 mil em clonagem do WhatsApp

Fonte: Tribuna de Minas | Marcos Araújo em 13/09/2019 às 18:30 h

Estelionatários usam, cada vez mais, o aplicativo WhatsApp como principal ferramenta para aplicar golpe na praça. Na modalidade, os estelionatários clonam celulares e, através das informações do aparelho, utilizam o aplicativo para pedir dinheiro para pessoas próximas aos proprietários. Um caso deste tipo, que tem se propagado pelo Brasil, foi registrado mais uma vez, nesta sexta-feira (13), em Juiz de Fora, contra um homem, de 27 anos. A vítima registrou um boletim de ocorrência, onde relatou que recebeu uma mensagem via aplicativo do número de um amigo.

A mensagem do suposto amigo solicitava à vítima um empréstimo no valor de R$ 3 mil. O criminoso, que se passava pelo conhecido da vítima, ainda encaminhou pelo WhatsApp o número de uma conta bancária na qual o depósito deveria ser realizado.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais