UFRJ faz ajustes na contratação de serviços

Fonte: Educação :: AgBrasil | Douglas Corrêa em 04/09/2019 às 23:30 h

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) anunciou hoje (4) ajustes na contratação de serviços, visando a manutenção do funcionamento da universidade devido ao contingenciamento orçamentário feito pelo Ministério da Educação (MEC). Ao todo, são seis medidas, que entrarão em vigor a partir de segunda-feira (9). 

As medidas são o racionamento do uso de veículos oficiais, a suspensão dos serviços de telefonia móvel para os ocupantes de cargos de representação da Reitoria, das pró-reitorias, decanias e unidades. Os dirigentes que estiverem em posse desses aparelhos deverão devolvê-los à Pró-Reitoria de Gestão e Governança. Outra medida anunciada é a suspensão de passagens internacionais e limitação de viagens e diárias nacionais para atividades de campo de disciplinas de graduação.

Haverá também a redução do quadro de auxiliares de processamento de dados, além do corte do contrato de serviços de manutenção externa e jardinagem e será uma licitação futura para adequar contrato à atual realidade orçamentária.
Continue lendo “UFRJ faz ajustes na contratação de serviços”

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Parlamento do Reino Unido freia Brexit sem acordo desejado por Boris Johnson

Fonte: El Pais | Rafa de Miguel em 04/09/2019 às 22:30 h

Carregando imagem...

Boris Johnson já comprovou que a política não é só um concurso de popularidade. Nesta quarta-feira, o primeiro-ministro foi incapaz de dissimular sua irritação com o cerco sem trégua feito contra ele pelo Parlamento. No plenário da Câmara dos Comuns, 327 deputados, frente a 299 leais a Johnson, apoiaram o projeto de lei que obrigado o primeiro-ministro a adiar a data do Brexit se não houver um acordo com a UE. O trabalhismo não caiu na armadilha de respaldar uma antecipação eleitoral imediata, como propunha Downing Street para sair do bloqueio. Johnson chamou o líder rival Jeremy Corbyn de ‘covarde’ e ‘amigo de Caracas’ e se referiu a suas propostas econômicas como ‘uma merda e um fracasso’.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Karim Aïnouz: ‘Eu queria ser o Almódovar brasileiro’

Fonte: El Pais | Joana Oliveira em 04/09/2019 às 22:30 h

Carregando imagem...

O diretor Karim Aïnouz (Fortaleza, 1966) queria fazer um melodrama sobre questões de gênero, com a intenção de chegar ao público que consome novelas. Quando leu A vida invisível de Eurídice Gusmão (Companhia das Letras), de Martha Batalha, sentiu que havia encontrado a história certa. Assim nasceu a adaptação A Vida Invisível, obra que abriu o 29º Cine Ceará (Festival Ibero-americano de Cinema), e que estreia nos cinemas dia 31 de outubro, depois de vencer a mostra Um Certo Olhar, no festival de Cannes, em maio, e de ser escolhida para disputar uma vaga como melhor filme em língua estrangeira no Oscar 2020.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Conferência define políticas para assistência social em JF

Fonte: Tribuna de Minas | Tribuna em 04/09/2019 às 22:00 h

Devem ser apresentadas, nesta quinta-feira (5), as propostas para definição dos parâmetros de políticas públicas para assistência social de Juiz de Fora. A entrega das proposições será realizada, durante o período da manhã, na plenária final da Conferência Municipal de Assistência Social. O evento começou na quarta-feira, na Escola de Governo, e tem como tema a ‘Assistência social: direito do povo, com financiamento público e participação social’.

A secretária de Desenvolvimento Social da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), Tammy Claret, destaca que a assistência social e as políticas públicas ‘são extremamente importantes para a participação igualitária das pessoas em sociedade, executando práticas sólidas para alcançar tal objetivo’.
Nesta quinta, o início da conferência está previsto para as 8h, com término programado para o meio-dia.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

PRF recupera veículo com placas clonadas e com registro de roubo

Fonte: Tribuna de Minas | Tribuna em 04/09/2019 às 21:30 h

Carregando imagem...

Condutor do automóvel disse que viajaria para Aracaju, onde teria residência (Foto: PRF/Divulgação)

Um veículo clonado, com placas de Juiz de Fora, foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal, no início da noite desta quarta-feira (4), na BR-116. Conforme a instituição, o automóvel foi abordado quando seguia no km 768 da rodovia, na altura de Leopoldina. O condutor, um jovem de 23 anos, disse aos policiais rodoviários que adquiriu o automóvel em Juiz de Fora por meio de um homem que conheceu nas redes sociais e tinha como destino Aracaju (SE), cidade onde mora.

Durante fiscalização minuciosa, a PRF verificou que, além de ostentar placas clonadas, o veículo original havia sido roubado na cidade do Rio de Janeiro, em maio deste ano. Diante das evidências, o rapaz foi levado para a Delegacia de Polícia Civil e Leopoldina e o veículo guiado por ele foi apreendido, sendo encaminhado para um pátio credenciado.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Retomada de urgência no João Penido é discutida na capital

Fonte: Tribuna de Minas | Renan Ribeiro em 04/09/2019 às 21:30 h

Carregando imagem...

Deputado Betão, autor do requerimento da audiência, falou sobre necessidade de serviços de urgência e emergência no hospital (Foto: Guilherme Bergamini)

A discussão sobre a demanda de reabertura da porta de urgência e emergência do Hospital João Penido foi apresentada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, na manhã dessa quarta-feira (4), a pedido do deputado Roberto Cupolillo (Betão- PT). Uma comissão composta por lideranças locais, vereadores e outras instituições relacionadas foi levada à Belo Horizonte para falar sobre o impacto causado pela falta do atendimento. Durante a sessão, os representantes juiz-foranos pontuaram a dificuldade de acesso da população ao serviço. A comissão vai continuar o trabalho, estudando quais são as possibilidades de oferta desse tipo de atenção em saúde na região.

O atendimento de urgência e emergência no hospital teve as portas fechadas sob a alegação de que seriam necessárias reformas, como foi pontuado durante a audiência.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Incêndios na Amazônia estão concentrados em propriedades privadas

Fonte: Ciência :: Folha de São Paulo em 04/09/2019 às 21:30 h

Os focos de incêndio de 2019 na Amazônia se concentram em propriedades privadas, de acordo com estudo do Ipam (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia). Essas áreas cobrem 18% da Amazônia e concentram 33% dos focos de fogo registrados pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) entre 1º de janeiro e 29 de agosto deste ano.
… (09/04/2019 – 21h08)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Almas não se surpreende com avaliação baixa em pesquisa, mas vai agir

Fonte: Tribuna de Minas | Paulo Cesar Magella em 04/09/2019 às 21:30 h

Os números do Instituto Paraná que deram uma rejeição de 58,8% ao prefeito Antônio Almas são altos, mas não surpreenderam. O próprio prefeito admite que a rejeição – sem entrar no mérito dos números – já era esperada. ‘Temos que ser bastante realistas. Tenho um ano e quatro meses de Governo, assumi na pior fase da crise econômica , com o Estado sem repassar recursos, e vivendo esse infortúnio. Ainda assim, conseguimos levar sem grande dificuldade com o funcionalismo, a não ser o 13º salário, que foi pago em duas parcelas, mas com as datas definidas cumpridas religiosamente’. Segundo Almas, o cenário eleitoral está muito precoce. Tem muito jogo a ser jogado. Estamos nos primeiros minutos do primeiro tempo.

Custos com ações judiciais compromete o sistema

O prefeito Antônio Almas, médico há 37 anos, atribui seu desgaste a duas agendas: saúde e zeladoria.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fechamento de unidades Sesc é debatido em audiência na ALMG

Fonte: Tribuna de Minas | Vivia Lima em 04/09/2019 às 21:00 h

Políticos e representantes de entidades empresariais de Minas Gerais denunciaram, nesta quarta-feira (4), na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o desmonte de, pelo menos, sete unidades do Serviço Social do Comércio (Sesc) no estado, incluindo o Sesc Pousada em Juiz de Fora. Conforme vereadores de cidades afetadas, a medida estaria ocorrendo por retaliação política. Encabeçado pela deputada Sheila Oliveira (PSL), o assunto foi discutido durante audiência pública da Comissão de Prevenção e Combate ao Uso de Crack e Outras Drogas. Apesar das alegações dos parlamentares, o Sesc negou questões políticas, informando que o serviço passa por revisão de custos.

Ao fazer uso da palavra, o vereador José Roberto Cajaíba de Oliveira, de Teófilo Otoni, disse que as cidades, cujas instalações fecharam as portas, estariam entre as que mais se manifestaram a favor de uma gestão ética na Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio-MG), fazendo referência ao fato de a direção anterior ser investigada por improbidade administrativa e desvios de recursos.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Juiz de Fora não registrava casos de sarampo há pelo menos 18 anos

Fonte: Tribuna de Minas | Tribuna em 04/09/2019 às 21:00 h

Nesta quarta-feira (4), a Secretaria de Saúde (PJF) informou que Juiz de Fora contabiliza dois casos confirmados de sarampo. Outras duas suspeitas seguem em investigação, elevando para quatro o número de possíveis casos da doença na cidade. Até esta terça, quando a pasta confirmou que um adolescente de 16 anos foi infectado com a doença, além de divulgar a suspeita de que uma criança de 1 ano e 9 meses também estaria com sarampo, o município não registrava ocorrência da doença há, pelo menos, 18 anos. De acordo com a pasta, o segmento que trata sobre sarampo no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), banco de dados sobre notificações e investigações de casos de doenças e agravos, foi implantado em Juiz de Fora em 2001. Desde então, a cidade não tinha registrado casos da doença.

Além do adolescente, morador do Bairro Novo Horizonte, na Cidade Alta, foi divulgado nesta quarta que uma bebê de 1 ano, moradora do Bairro Aeroporto, mesma região, também foi infectada com sarampo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais