STF autoriza a extradição de um dos autores da matança de Atocha, na Espanha

Fonte: El Pais | N. Galarraga Gortázar em 14/08/2019 às 00:30 h

Carregando imagem...

O Supremo Tribunal Federal autorizou na terça-feira a extradição para a Espanha do ultradireitista Carlos García Juliá, que seu país reclama para que cumpra os 3.855 dias de prisão que lhe restam por ter participado da matança de Atocha, o assassinato em Madri de cinco advogados trabalhistas de esquerda em 1977, nos primeiros anos da transição. Garcia Juliá, que tinha 24 anos quando participou dos assassinatos, estava em liberdade condicional quando fugiu da Espanha há quase três décadas. Foi preso pela Polícia Federal em São Paulo em 6 de dezembro do ano passado, dia da Constituição espanhola. O STF adotou a decisão por unanimidade, segundo nota da Procuradoria-Geral da República.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais