Ônibus urbanos, com tempo máximo de uso, são substituídos em JF

Fonte: Tribuna de Minas | Vivia Lima em 13/08/2019 às 21:00 h

Os 45 ônibus que integram os consórcios Manchester e Via JF, que estavam com tempo de uso limite – de dez anos -, foram substituídos por veículos novos e já circulam pelas ruas de Juiz de Fora. Atualmente, a frota no município é composta por 594 coletivos e, deste total, 7,6% precisaram passar por substituição. A necessidade de troca das carrocerias veio à tona após a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Municipal, que constatou a falta de adequação das empresas nesse quesito, mesmo após mais de três anos de assinatura do contrato para exploração do serviço de transporte coletivo no município.

LEIA MAIS:

  • Apresentação do relatório final da CPI dos ônibus é adiada para agosto
  • Ex-secretário de Transporte e Trânsito depõe à CPI dos Ônibus
  • Settra e Sinttro são ouvidos na CPI dos ônibus

Conforme contrato firmado entre a Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) e as empresas de ônibus, as concessionárias são obrigadas a manter, durante a vigência de concessão, ‘frota urbana composta por veículos com idade entre zero e dez anos e idade média máxima de cinco anos’.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais