Artista queer comenta trilogia em cartaz em JF

Fonte: Tribuna de Minas | Júlia Pessôa em 13/08/2019 às 21:00 h

Carregando imagem...

Antony chegou à Tribuna cumprimentando-me à moda brasileira: com dois beijinhos, sem qualquer estranheza – como às vezes acontece com estrangeiros não familiarizados ao nosso simpático costume beijoqueiro de saudar mesmo pessoas desconhecidas. Foi o primeiro indício de que o cineasta não se prende a normas. Em Juiz de Fora, como atração da Semana Rainbow, Antony Hicking terá uma trilogia sua exibida como parte da Mostra de Cinema Queer da Semana Rainbow da UFJF, realizada no Mamm. Nesta quarta (14), será exibido o primeiro, ‘Little gay boy’ (2013); seguido por ‘Where horses go to die’ (2016) que passa no dia 15; e ‘Frig’ (2018), que se divide em três partes (‘Love’, ‘Shit’ e ‘Sperm’, que encerra o evento no dia 16.

Durante a conversa, Antony me disse que é nascido em Joanesburgo (África do Sul), filho de pai indiano e mãe inglesa, e que vive no Reino Unido, mas passou boa tarde da vida em Paris.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais