Pontos para distinguir um problema psicológico

Fonte: El Pais | Eparquio Delgado em 21/07/2019 às 23:00 h

Carregando imagem...

Todos temos problemas, mas é óbvio que nem todos são psicológicos. Como podemos diferenciá-los? Comecemos pegando emprestado o título de um livro de Ernesto López e Miguel Costa: Os Problemas Psicológicos não são Doenças (e vice-versa, é bom acrescentar). Ter uma dor crônica, contrair uma infecção e desenvolver uma demência não são problemas psicológicos. Muitos problemas orgânicos podem provocar sintomas psicopatológicos, mas essa doença e esses sintomas não são problemas psicológicos e, portanto, não são responsabilidade do psicólogo.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Jarid Arraes, a ‘jovem mulher do sertão’ que faz literatura retirante

Fonte: El Pais | Joana Oliveira em 21/07/2019 às 22:00 h

Carregando imagem...

Jarid Arraes, cordelista e escritora de 28 anos, define-se como uma “jovem mulher do sertão”, apesar de viver em São Paulo desde 2014 (mudou-se exatamente no dia 31 de dezembro). Nascida e criada em Juazeiro do Norte, região do Cariri cearense, ela cresceu entre os cordéis escritos pelo pai e o avô e os livros da mãe, professora. Aprendeu a ler antes de chegar à escola e, depois dos cordéis, descobriu a poesia. “Lia Drummond, Goulart, Augusto dos Anjos. Graças a isso, comecei a escrever também muito cedo, fazendo biografias de mulheres negras em cordel”, conta ela na Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), onde foi um dos destaques, com o livro de contos Redemoinho em dia quente (Alfaguara), o primeiro que publica em uma grande editora.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

As duas faces de Ezra Pound

Fonte: El Pais | Mario Vargas Llosa em 21/07/2019 às 21:00 h

Carregando imagem...

A biblioteca do barco que me leva a Anchorage é pequena e pulquérrima. Com exceção de uma coleção de clássicos cuja letra microscópica os coloca fora de meu alcance, seus romances de aeroporto, de autores desconhecidos, me deixam frio, tanto como suas biografias de jogadores de beisebol, ases das corridas e do ringue, os livros de autoajuda e as fofocas de Hollywood. Mas, perdido nas estantes de Current Affairs encontro um livro de um jovem professor de Harvard, Kevin Birmingham, que é de muito proveito: O Livro mais Perigoso. James Joyce e a Batalha por Ulisses.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Governador do Piauí: ‘A reforma da Previdência é importante para as contas públicas e para o povo’

Fonte: El Pais | Heloísa Mendonça em 21/07/2019 às 21:00 h

Carregando imagem...

Enquanto os parlamentares do PT formam uma das principais frentes contrárias à reforma da Previdência apresentada pelo Governo de Jair Bolsonaro e aprovada em primeiro turno na Câmara, o governador do Piauí, o petista Wellington Dias, vai na direção contrária e tenta negociar em Brasília a entrada dos Estados e municípios nas novas regras de aposentadoria. “Hoje temos milhares de leis diferentes sobre previdência nos municípios e Estados. Isso é o problema brasileiro que precisa ser encarado”, explica o governador. Dias reconhece que o rombo das aposentadoris e pensões é atualmente o maior desafio enfrentado pelo Piauí, que acumula um déficit de 1,2 bilhão de reais ou 12% da receita líquida do Estado.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Dallagnol: ‘Bolsonaro terá algum interesse em aparelhar a PGR’

Fonte: El Pais | Flávia Marreiro em 21/07/2019 às 21:00 h

Carregando imagem...

Quando explodiu o escândalo envolvendo as movimentações financeiras de Flávio Bolsonaro e de um de seus assessores, em dezembro passado, Deltan Dallagnol avaliou que o presidente da República, Jair Bolsonaro, poderia ter uma “última saída” para tentar proteger seu filho, para ele “certamente” ligado às irregularidades, de problemas legais na instância superior: “aparelhar” o cargo de procurador-geral da República para “blindar” o agora senador. Dallagnol se pergunta ainda, em conversas com seus colegas, o que faria Sergio Moro caso a investigação escalasse antes que o então nomeado a ministro da Justiça alcançasse uma indicação para a vaga do Supremo Tribunal Federal. As análises do procurador que lidera a força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba aparecem em novas mensagens privadas trocadas com seus companheiros de trabalho publicadas pelo The Intercept neste domingo.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Robô da Equipe Nautilus representa Brasil na Robosub 2019

Fonte: Educação :: AgBrasil | Alana Gandra em 21/07/2019 às 20:00 h

Carregando imagem...

A equipe de automação naval e submarina Nautilus, formada em sua maioria por alunos de engenharia da Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Poli-UFRJ), viaja no próximo dia 23 para os Estados Unidos, onde vai representar o Brasil na Robosub 2019. O campeonato internacional de Veículos Submarinos Autônomos (AUVs, do nome em inglês) será realizado entre os dias 29 de julho e 4 de agosto, na cidade de San Diego, Califórnia. Esta é a terceira vez que o evento receberá a equipe da UFRJ, que é também o único grupo da América Latina a participar do certame.

O professor do curso de Engenharia de Automação e Controle da Escola Politécnica, também coordenador da equipe, Cláudio Miceli, disse à Agência Brasil que, no ano passado, a equipe ficou entre as 20 melhores da competição.
Continue lendo “Robô da Equipe Nautilus representa Brasil na Robosub 2019”

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Dallagnol: ‘Bolsonaro terá algum interesse em aparelhar a PGR, blindar Flávio’

Fonte: El Pais | Flávia Marreiro em 21/07/2019 às 19:00 h

Carregando imagem...

Quando explodiu o escândalo envolvendo as movimentações financeiras de Flávio Bolsonaro e de um de seus assessores, em dezembro passado, Deltan Dallagnol avaliou que o presidente da República, Jair Bolsonaro, poderia ter uma “última saída” para tentar proteger seu filho de problemas legais na instância superior: “aparelhar” o cargo de procurador-geral da República para “blindar” o agora senador. Dallagnol se pergunta ainda, em conversas com seus colegas, o que faria Sergio Moro caso a investigação escalasse antes que o então nomeado a ministro da Justiça alcançasse uma indicação para a vaga do Supremo Tribunal Federal. As análises do procurador que lidera a força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba aparecem em novas mensagens privadas trocadas com seus companheiros de trabalho publicadas pelo The Intercept neste domingo.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Humilhar para governar

Fonte: El Pais | Máriam Martínez-Bascuñán em 21/07/2019 às 19:00 h

Carregando imagem...

Que a maior autoridade da principal potência mundial seja capaz de dizer a quatro congressistas – o chamado esquadrão – um ‘voltem aos lugares de onde vieram’ reflete, mais uma vez, a ruptura dos mais elementares limites típica da era Trump. Mas a falta de liberalismo do presidente não é o principal problema; a questão é como suas bases o seguem, que o apoiavam nessa semana aos gritos de ‘mande-a embora!’. As declarações de Trump são racistas e machistas, evidentemente, mas captam e amplificam com habilidade a ressonância emocional de parte da população. Nada do que o coroou como Troll Supremo dos EUA se entenderia, diz Martha Nussbaum, sem essa paixão que carcome os sistemas democráticos: a inveja.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

5° Dia: Santa Isabel a São Joaquim

Fonte: Tribuna de Minas | Regina Campos em 21/07/2019 às 17:00 h

Carregando imagem...

Sentada na estrada de chão que nos levará a São Joaquim (RJ), assisto o dia amanhecer e agradeço por tudo que meus olhos veem e pelo o que meu coração sente. A natureza perfeita é um estímulo a mais para vencer o cansaço e seguir adiante. A temperatura no alto está ainda mais gelada, mas o corpo vai esquentando com esforço provocado pela subida íngreme da serra.

A saída de Santa Isabel (RJ) foi pelo asfalto, por oito quilômetros, e depois mais 14 de estrada de chão. É o trecho mais curto da Caminhada da Fé, porém, o mais puxado por causa dos morros.

Um a um, os romeiros vão passando pelo carro de apoio para hidratação. Ali, observo a expressão dos devotos e admiro a força de vontade de cada um. Todos, sem exceção, dispostos a completar o quinto dia da romaria, apesar do cansaço provocado pelo esforço físico somado às poucas horas de sono.

Decidida a me poupar fisicamente para registrar as histórias dos romeiros, entro no carro de apoio no morro final.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Incidente com o Irã revela um Reino Unido debilitado pelo Brexit

Fonte: El Pais | Rafa de Miguel em 21/07/2019 às 16:30 h

Carregando imagem...

À medida que o Governo britânico elevava nas últimas horas o tom de suas ameaças contra o Irã, ficava mais evidente a falta de previsão e resposta para uma crise que poderia ter sido antecipada. O ex-chefe do Estado-Maior Naval Alan West criticou os políticos pela falta de atenção ao que estava acontecendo no Golfo Pérsico, por estarem atolados em suas batalhas internas. E na oposição trabalhista surgiu o alerta do perigo de repetição do adesismo aos Estados Unidos que levou ao desastre da invasão do Iraque.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais