Energia elétrica foi restabelecida em toda UFMT, diz MEC

Fonte: Educação :: AgBrasil | Agência Brasil em 16/07/2019 às 23:30 h

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, informou há pouco pelo Twitter que a energia elétrica foi restabelecida em todos os campi da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). 

A energia elétrica da universidade foi cortada nesta terça-feira por falta de pagamento, de acordo com a assessoria de imprensa da instituição. O corte ocorreu por volta das 11h.

Em nota, o MEC informou que, ao tomar conhecimento da situação na última quinta-feira (11), Weintraub chamou a reitora Myrian Serra ao ministério e autorizou o repasse de R$ 4,5 milhões para que a reitoria da UFMT, nomeada há três anos, quitasse a dívida das contas de luz.

O comunicado destaca ainda que Weintraub vai adotar medidas administrativas e judiciais “para a responsabilização dos envolvidos pela má gestão na UFMT”.

Segundo a assessoria da universidade, a instituição foi surpreendida pelo corte da luz porque estava negociando com a Energisa, empresa responsável pela distribuição de energia no estado.
Continue lendo “Energia elétrica foi restabelecida em toda UFMT, diz MEC”

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Dallagnol vai ser investigado por palestras pagas e benesses durante a Lava Jato

Fonte: El Pais | Regiane Oliveira em 16/07/2019 às 23:30 h

Carregando imagem...

A corregedoria do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) decidiu investigar nesta terça-feira o coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol, e seu colega Roberson Henrique Pozzobon após a “ampla repercussão” das mensagens da chamada #VazaJato, obtidas pelo site The Intercept Brasil e que desde 9 de junho mostram diálogos privados dos procuradores e do então juiz Sergio Moro. Nos capítulos mais recentes, membros do Ministério Público, especialmente Dallagnol, aparecem nas conversas, cuja autenticidade eles questionam, falando sobre como obter lucro ou benesses com a realização de palestras pagas por empresas e entidades interessadas em se associar à imagem da maior ofensiva contra a corrupção na história do país. 

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Alejandro Toledo, ex-presidente do Peru, é preso nos Estados Unidos

Fonte: El Pais | Jacqueline Fowks em 16/07/2019 às 23:30 h

Carregando imagem...

O ex-presidente peruano Alejandro Toledo foi preso nesta terça-feira na Califórnia (EUA) às 8h30 da manhã (12h30 em Brasília). Sobre ele pesava uma ordem de extradição, segundo o Ministério Público do país sul-americano. Toledo, que fugiu da Justiça de seu país, havia se recusado a cumprir a prisão preventiva de 18 meses que os juízes peruanos lhe impuseram. O ex-presidente está sendo investigado por supostamente participar dos subornos da construtora brasileira Odebrecht. Toledo negou qualquer participação nessa trama.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Nos 50 anos do lançamento da Apollo 11, eclipse lunar encanta milhares

Fonte: Tribuna de Minas | Tribuna em 16/07/2019 às 23:30 h

Carregando imagem...

Em Brasília, com o céu limpo, foi possível observar o fenômeno (Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil)

O eclipse lunar na noite desta terça-feira (16) encantou milhares no Brasil e em países da África, Europa, Oceania e em partes da Ásia. O fenômeno ocorreu na data em que se comemora 50 anos do início da primeira viagem que levou o homem à Lua. Em 16 de julho de 1969, o foguete da missão Apollo 11 era lançado em um acontecimento que mudou para sempre a corrida espacial.

Em Brasília, com o céu limpo, foi possível observar o fenômeno nas primeiras horas da noite. Um eclipse lunar ocorre quando o Sol, a Terra e a Lua estão alinhados e a Lua penetra no cone de sombra produzido pela Terra. O eclipse lunar pode ser total (quando a Lua é inteiramente encoberta) ou parcial, como ocorreu nesta terça.

A previsão era que 60% da superfície visível da Lua ficasse coberta pela sombra.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

MG2 – Edição de terça-feira, 16/07/2019

Fonte: MGTV 2ª Edição em 16/07/2019 às 23:30 h

Carregando imagem...

MG2 – Edição de terça-feira, 16/07/2019
Esta edição mostra que um centro terapêutico de Juiz de Fora segue funcionando, mesmo com interdição determinada pelo Ministério Público. Veja o boletim da dengue na cidade; são mais de 4 mil casos confirmados da doença só no município. Confira também o Giro Minas e saiba quais as principais notícias do estado nesta terça (16).
Tempo: 17:16

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

A necropolítica como regime de governo

Fonte: El Pais | Debora Diniz, Giselle Carino em 16/07/2019 às 23:30 h

Carregando imagem...

Brasil e Colômbia disputam a miserável primeira posição de país mais arriscado para ser um defensor de direitos humanos no mundo. Se a questão for terra ou meio ambiente, Colômbia é o país mais violento; se forem os direitos das mulheres ou população LGBT, Brasil lidera o ranking de homicídios. A fronteira entre as questões de direitos humanos é uma tentativa de classificar onde estão os temas de maior risco em cada país, porém histórias concretas de ativistas ameaçados ou mortos mostram como a fronteira é nebulosa. Yirley Velasco é campesina, sobrevivente do Massacre El Salado, na Colômbia, foi vítima de violência sexual em 2000. Sofre ameaças de morte pelo trabalho político em defesa dos direitos das mulheres em Montes de María, onde María del Pilar Hurtado foi morta na frente dos filhos.
Continue lendo “A necropolítica como regime de governo”

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

JF vira capital do leite até quinta

Fonte: Tribuna de Minas | Fabíola Costa em 16/07/2019 às 23:30 h

Carregando imagem...

 ”
data-cycle-speed=”750″
data-cycle-caption=”#gslideshow_captions”
data-cycle-caption-template=””
>

<>Foto: Felipe Couri

Queijo com morango, queijo maturado em folha de cebolinha, queijos de sabores e formatos distintos que contam histórias, como a da Estrada Real. Mantendo a tradição, a Exposição de Produtos Lácteos (Expolac) foi um dos locais mais concorridos do Minas Láctea, que abriu, nesta terça-feira (16), a edição 2019, com a perspectiva de reunir 12 mil pessoas e movimentar mais de R$ 200 milhões em negócios. O evento, promovido pela Epamig, acontece até quinta-feira (18) no Expominas e no Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT). A abertura oficial aconteceu às 19h, com a presença de autoridades e lideranças empresariais e políticas da cidade e do estado.

Este ano, mais de 90 empresas de várias partes do país expõem mais de 400 produtos na Expolac, vitrine nacional para apresentação de produtos derivados do leite.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais