Povo, Nação e Estado

Fonte: Tribuna de Minas | Tribuna em 14/07/2019 às 07:30 h

O Estado é a Nação politicamente organizada. A Nação, por sua vez, representa o agrupamento de um povo, irmanado por alguns elementos que o identificam, como a língua, a história, os costumes e a aspiração de alcançar o bem comum, por meio do esforço conjunto. Há exemplos de povos que não lograram constituir um Estado. Mas não se pode pensar num povo que, constituindo o seu Estado, pretenda ser tratado como se fora dele lhe transcorresse a vida. Esse tipo de comportamento é, no entanto, inconscientemente fomentado por certos políticos.

Trata-se do populismo, estilo de fazer política ou estratégia para galgar ou conservar o poder, que alguns líderes praticam e que consiste em exaltar o povo como alvo de suas aparentes preocupações e a ele tudo prometer, sem medir consequências, isto é, ignorando o Estado, a cujos órgãos compete a implementação das políticas públicas nos limites dos recursos orçamentários.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais