Macron transforma o 14 de Julho em uma comemoração da cooperação europeia em defesa

Fonte: El Pais | Silvia Ayuso em 14/07/2019 às 22:00 h

Carregando imagem...

O desfile de 14 de Julho, a grande festa nacional francesa, o dia em que se comemora a queda da Bastilha, a data clássica de exibição do orgulho e poderio militar francês, que inspirou Donald Trump a organizar seu próprio desfile com tanques, teve nesse domingo um inédito sotaque europeu. Pelos Campos Elíseos também desfilaram mais de uma centena de soldados espanhóis, junto com destacamentos de outros países que fazem parte da Iniciativa Europeia de Intervenção (IEI), um projeto de cooperação militar europeia impulsionado por Emmanuel Macron. Ao lado do presidente francês, na tribuna de honra, estiveram como convidados a chanceler alemã, Angela Merkel, e outros mandatários e representantes de alto escalão dos nove países que fazem parte da iniciativa, que nas palavras de Macron significa: ‘Um belo símbolo da Europa da defesa que estamos construindo’.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Após rumor se espalhar, ministro diz que não haverá cobrança na graduação

Fonte: Educação :: Folha de São Paulo em 14/07/2019 às 22:00 h

Neste domingo, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, reagiu a um rumor que circulou em blogs e em redes socais nos últimos dias que dizia que universidades federais passariam a cobrar mensalidades dos alunos.
… (07/14/2019 – 21h01)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Dinheiro e poder se chocam com a Justiça no caso do pedófilo amigo de Trump

Fonte: El Pais | Sandro Pozzi em 14/07/2019 às 21:30 h

Carregando imagem...

Jeffrey Epstein, preso em 6 de julho, é um pedófilo em série que conseguiu ficar de fora da lista do Me Too. Como um predador sexual que abusou durante anos de dezenas de meninas ficou impune apesar da montanha de evidências que existia contra ele? A resposta: com muito dinheiro, muito poder e muita ajuda.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Há mais café do que nunca no mercado, mas você e os produtores não se beneficiam

Fonte: El Pais | I. F., N. G. G., C. O. em 14/07/2019 às 20:00 h

Carregando imagem...

Aos 73 anos, a vida reservou a Antonio Martínez um fracasso inesperado. Há pouco mais de um ano, esse produtor de café do centro-sul de Honduras precisou desistir de investir em sua propriedade: deixou de adubar e fertilizar e diminuiu a contratação de trabalhadores para a época de colheita. O mais parecido, reconhece, a deixar os cafezais abandonados à própria sorte: se antes produziam 600 quintais (cada quintal corresponde a cerca de 45 quilos), agora só rendem 200. ‘Os preços são tão baixos que não temos como sustentá-los: não há dinheiro para fertilizantes e não posso cuidar deles como merecem’, diz. É um círculo vicioso: a queda de preços leva a um menor investimento, o investimento menor desemboca em uma produção menor e a produção menor, vendida a preços cada vez mais baixos, acaba em rendimentos minguantes.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Um Djokovic de titânio bate Federer

Fonte: El Pais | Alejandro Ciriza em 14/07/2019 às 20:00 h

Carregando imagem...

Novak Djokovic bate no peito como Tarzan, porque acaba de desembaraçar o novelo e acabar com a agonia de uma tarde épica. Acaba de se impor diante do majestoso Roger Federer na final mais longa da história de Wimbledon – 7-6, 1-6, 7-6, 4-6 e 13-12, em 4h57m, superando dessa forma as 4h48m entre o suíço e Rafael Nadal em 2008 – e obtém assim um laurel que já o faz levitar com 16 taças de Grand Slam, cinco delas conquistadas no santuário britânico. E acelera a corrida para ser o tenista mais vencedor e derrota Federer pela terceira vez em uma final de Londres, também pela terceira ocasião em um duelo decisivo terminado após uma maratona de cinco sets.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Vazamentos de mensagens de ex-embaixador britânico provocam caça às bruxas do Brexit

Fonte: El Pais | Rafa de Miguel em 14/07/2019 às 19:00 h

Carregando imagem...

O Brexit e seus excessos ressuscitaram todos os clichês, incluindo aquele de que a história sempre ocorre duas vezes, a primeira como tragédia, a segunda como farsa. Nos últimos dias, a mídia britânica tem comparado a comoção nacional provocada no século passado pela descoberta de Kim Philby e seus comparsas de Cambridge, que integravam uma rede de agentes duplos a serviço de Moscou durante a Guerra Fria, com o vazamento dos incendiárias mensagens diplomáticas sigilosas do ex-embaixador do Reino Unido em Washington, Kim Darroch, contendo críticas ao presidente americano, Donald Trump. O incidente não só provocou a renúncia do alto funcionário, apreciado por seus colegas e com uma fantástica rede de contatos depois de décadas de serviço público, como também desencadeou uma caça às bruxas, com a participação dos serviços secretos britânicos, para encontrar o culpado ou os culpados de um golpe quase fatal contra o prestígio do corpo de política externa de Sua Majestade.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Alunos de Brasília participam de olimpíada de matemática no Japão

Oito alunos do Colégio Logosófico, em Brasília, vão representar o Brasil na segunda etapa da Olimpíada Internacional de Matemática sem Fronteiras (OIMSF), no Japão. Os jovens, todos de 14 anos, fazem prova na terça-feira (16), em Fukuoka.

Os estudantes cursam o nono ano e conquistaram o primeiro lugar na etapa estadual e nacional da olimpíada, que deu a eles a vaga para a segunda etapa fora do país. Eles embarcam na quinta-feira (11) rumo ao Japão.

Antes de emabarcarem, os alunos conversaram com a Agência Brasil. Rodrigo de Moraes conta que está se preparando para a próxima etapa e está bastante ansioso para a viagem: ‘estou fazendo exercícios e controlando o tempo para responder às questões de maneira rápida’.

Tauã Valentim participa pela primeira vez do evento internacional e disse que, apesar do nervosismo, pretende fazer uma boa prova.
Continue lendo “Alunos de Brasília participam de olimpíada de matemática no Japão”

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Desigualdade salarial, explicada pelo futebol feminino dos EUA

Fonte: El Pais | Antonia Laborde em 14/07/2019 às 17:00 h

Carregando imagem...

Elas ergueram quatro Copas do Mundo. Eles nenhuma. Elas ganharam quatro medalhas de ouro nas Olimpíadas. Eles duas, mas de prata e bronze. E em 1904. As diferenças também são absurdas nos salários: as jogadoras da liga profissional dos Estados Unidos têm salário mínimo de 16.538 dólares (61.800 reais). Eles de 70.250 (262.000 reais). Essa desigualdade, tão assumida em outros países, não é vivida com a mesma naturalidade em uma nação em que quase o mesmo número de mulheres e homens joga futebol no colégio. Por isso, quando as campeãs da Copa da França levantaram a taça, as aproximadamente 60.000 vozes no estádio de Lyon comemoraram gritando ‘Equal pay! Equal pay!’ (igualdade salarial, igualdade salarial). O assunto já está nos tribunais. Em 8 de março, o dia internacional da mulher, as 28 jogadoras da Seleção processaram seu empregador, a Federação Nacional de Futebol (USSF), por discriminação de gênero.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais