Por que você deve se preocupar com a gordura no fígado?

Carregando imagem...

Popularmente chamada de ‘Gordura no Fígado’ a Esteatose Hepática é um problema grave de saúde e já atinge 30% da população brasileira. Se não for tratada adequadamente pode gerar hepatite gordurosa, cirrose hepática e até mesmo câncer no fígado.

A presença de gordura no fígado é normal, porém quando o nível chega a 5% o quadro deve ser tratado o mais rapidamente possível. Por ele não ter nervos, o fígado não dói e, apesar de ter uma cápsula enervada, ele não manifesta sintomas quando está debilitado.

Pessoas obesas, sedentárias e que fazem consumo de álcool, regularmente ou não, têm uma tendência maior para desenvolverem a Esteatose Hepática. O grande fator que torna a doença tão comum entre os brasileiros é a obesidade, segundo o Ministério da Saúde, 54% da população está acima do peso e 18% são obesos, índice que aumenta a cada ano.

Em situações mais graves, o transplante, pode ser a única opção.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais