Com atraso, Dirceu se entrega em Curitiba por condenação da Lava Jato

Carregando imagem...

José Dirceu, ex-ministro-chefe da Casa Civil de Lula, voltou à prisão nesta sexta-feira, cerca de cinco horas depois do prazo estabelecido pela Justiça. O petista se entregou na sede da Polícia Federal de Curitiba, cumprindo ordem do Tribunal Regional da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre. A Justiça rejeitou recurso do réu no âmbito do processo da Operação Lava Jato em que ele foi sentenciado a oito anos e 10 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro envolvendo a Petrobras.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Responsável pelo Fundo Amazônia no BNDES é afastada do cargo

No mesmo dia em que Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, afirmou haver indícios de irregularidades em contratos do Fundo Amazônia -gerido pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social)-, a chefe do departamento de meio ambiente e responsável pelo fundo no banco, Daniela Baccas, foi afastada de seu cargo.
… (05/17/2019 – 22h53)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Câmara pede revisão de projeto habitacional 

Um requerimento do vereador Adriano Miranda, respaldado pelos demais parlamentares, será encaminhado à Inter Construtora, empresa responsável pelo conjunto habitacional a ser construído no Vale do Ipê, sugerindo a revisão do projeto. O modelo apresentado pela construtora prevê a edificação de seis torres com 63 metros de altura – 21 andares cada – com1.440 unidades habitacionais e 779 vagas de garagem. No entendimento dos vereadores, que aprovaram o requerimento na sessão desta sexta-feira, haveria ‘enorme impacto no trânsito e nos serviços básicos como água e esgoto na região.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

MG2 – Edição de sexta-feira, 17/05/2019

Carregando imagem...

MG2 – Edição de sexta-feira, 17/05/2019
Confira nesta edição que o número de crimes contra idosos cresceu no primeiro trimestre deste ano em Juiz de Fora. Veja também, que a cidade registrou o primeiro caso de morte por Influenza A em 2019. Além disso, as obras no Museu Mariano Procópio serão retomada ainda este mês.
Tempo: 20:01

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Um café com Salvini em troca de seus dados

Carregando imagem...

A guerra política, todos os partidos na Itália já entenderam, é travada nas redes sociais. Mas a vantagem sobre o restante mantida por Matteo Salvini — o político com mais seguidores na Europa e o mais googleado — ainda é imensa. O Ministério do Interior italiano tornou-se uma fabulosa máquina de propaganda eleitoral pilotada por seu guru digital, Luca Morisi: o único homem imprescindível em seu reduzido círculo de confiança. Hiperativo nas redes e de natureza evanescente no mundo real — quase não concede entrevistas nem comparece a eventos —, acaba de desempoeirar uma velha invenção para fortalecer ainda mais a comunidade que apoia seu chefe e que enfrenta seus rivais. Uma espécie de concurso que recompensa quem é capaz de dar mais curtidas e compartilhar o maior número de conteúdos da Liga o mais rápido possível. O prêmio é tomar um café com Il Capitano. O preço, os dados dos usuários.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Provisório permanente

Os 500 alunos da Escola Estadual Professor Francisco Faria, em Benfica, cujas atividades pedagógicas são desenvolvidas em galpões adaptados, no Bairro Nova Era, vivem situação semelhante aos estudantes dos Grupos Centrais, que há anos se tornaram nômades, à espera da reforma do espaço original na Avenida Rio Branco. Nos dois casos, não há datas para a conclusão da recuperação. Nos grupos, a obra sequer começou a despeito de o ex-governador Fernando Pimentel ter assinado uma ordem de serviço que nunca saiu do papel.

Com o caixa no limite, a atual gestão não sinaliza para a retomada dos trabalhos, indicando que os atuais alunos deverão cumprir sua etapa sem voltar para o espaço original. De acordo com a Secretaria de Estado de Educação, a primeira etapa do projeto foi orçada em R$ 600 mil.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais