Queiroz e Marielle, duas investigações que encurralam os Bolsonaro

Carregando imagem...

Pouco mais de cinco meses após o nome do motorista Fabrício Queiroz vir à tona em um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras citado por movimentações atípicas, o primogênito do clã Bolsonaro, o senador Flávio, que até o final do ano passado o empregava em seu gabinete na Assembleia do Rio, começou a sofrer uma profunda devassa em suas contas bancárias. O Ministério Público do Estado pediu a quebra do sigilo bancário do parlamentar por um período de dez anos (entre janeiro de 2007 e dezembro de 2018), alegando haver indícios de lavagem de dinheiro e da operação de uma organização criminosa em seu gabinete —no total, 95 pessoas terão suas contas reviradas, sendo que ao menos nove delas também atuaram em algum momento com funcionários do atual presidente, segundo informações do jornal O Globo, e duas delas são ligadas ao miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega, buscado pela polícia sob acusação de ser o chefe do grupo Escritório do Crime, suspeito de ter ligação com o assassinato da vereadora Marielle Franco.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Decreto sobre nomeações preocupa dirigentes universitários

Decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, publicado nesta quarta-feira (15), deixou preocupados dirigentes das universidades federais, que viram no texto a possibilidade de o governo interferir diretamente nas nomeações de cargos para segundo, terceiro e quarto escalões das instituições.
… (05/16/2019 – 22h20)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Maior parte dos estudantes de universidades federais é de baixa renda

A maior parte dos estudantes das universidades federais, 70,2%, é de baixa renda, de acordo com pesquisa apresentada hoje (16) pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes). Esses estudantes são de famílias com renda mensal de até 1,5 salário mínimo per capita, ou seja, R$ 1.431, no valor de 2018, quando a pesquisa foi realizada. 

Os dados são da quinta edição da Pesquisa do Perfil Socioeconômico e Cultural dos Estudantes de Graduação, apresentada hoje (16) pela Andifes. O estudo mostra que o percentual de estudantes nessa faixa de renda era, em 2003, 42,8%. 

Além disso, de acordo com a pesquisa, 60,4% dos estudantes das instituições federais de ensino superior cursaram todo o ensino médio em escolas públicas.
Continue lendo “Maior parte dos estudantes de universidades federais é de baixa renda”

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

PSDB terá renovação radical, diz secretário-geral

Próximo de sua convenção nacional, dia 31, o PSDB deve passar por uma reformulação profunda, pelo menos é o que defende o ex-deputado Marcus Pestana, secretário-geral do diretório nacional. ‘Temos que fazer uma renovação radical, pela qual a velha guarda deva ficar em conselhos, deixando para os jovens e os vários comitês – como de mulheres, educa-afro, entre outros – tocarem uma nova agenda do partido.’ Sem mandato, Pestana disse, em entrevista ao ‘Pequeno Expediente’, da CBN Juiz de Fora, que não continuará na Executiva, mas considera que o futuro presidente, deputado Bruno Araújo, é um quadro qualificado. Ele descartou a possibilidade de o senador Antonio Anastasia se lançar também à presidência diante dos muitos afazeres do ex-governador atualmente vice-presidente do Senado Federal.

Almas decide em JF 

Pestana, ocupado com projetos na iniciativa privada, acentua que não deixará a política até mesmo por conta de sua história de mais de 40 anos de militância, iniciada ainda nos tempos de Diretório Central dos Estudantes da UFJF, mas garantiu que, no caso de Juiz de Fora, a liderança está com o prefeito Antônio Almas, que deve indicar os rumos da legenda nas próximas eleições.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

A lei dos genéricos provocou grande impulso na indústria farmacêutica brasileira

*escrito com Renata Fialho de Oliveira Um medicamento genérico tem o mesmo princípio ativo, a mesma dose e forma farmacêutica do medicamento de referência sem ter o mesmo nome comercial. São mais baratos, porque os fabricantes de genéricos produzem os medicamentos, usualmente, após o período de proteção de patente ou outros direitos de exclusividade terem vencido […]

O post A lei dos genéricos provocou grande impulso na indústria farmacêutica brasileira apareceu primeiro em Paulo Gala/ Economia & Finanças.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Bolsonaro diz que quer aplicar parte do fundo da Lava Jato em educação

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (16) que quer destinar para educação e pesquisa parte dos recursos devolvidos pela Petrobras em acordo firmado pela Lava Jato com autoridades nos EUA.
… (05/16/2019 – 21h10)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Livraria arranca 25% de clássico de Kafka e manda para ministro da Educação

Um dia depois dos protestos em defesa dos recursos para a educação, a livraria Leonardo da Vinci, do Rio de Janeiro, viralizou na internet com a foto de uma carta e um livro cortado, endereçados ao ministro Abraham Weintraub.
… (05/16/2019 – 20h58)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Em prêmio, Bolsonaro critica imprensa brasileira e ironiza protestos

O presidente Jair Bolsonaro utilizou seu discurso de agradecimento nesta quinta-feira (16), durante cerimônia que o homenageou como “personalidade do ano”, para fazer críticas à imprensa brasileira e aos partidos de esquerda e para ironizar as manifestações contra reduções orçamentárias na área da educação.
… (05/16/2019 – 17h17)

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais