Cenas explícitas do que os estudantes realmente fazem na universidade pública

Carregando imagem...

Foi preciso apenas uma publicação nas redes sociais de estudantes fazendo protesto pelados, no que aparenta ser uma universidade pública, que o estrago estava feito. O tuíte do deputado José Medeiros, vice-líder do Podemos na Câmara, no Dia do Trabalho, tinha como objetivo justificar seu apoio aos cortes de verbas no ensino superior, mas viralizou. “Ministro vamos gastar dinheiro com instituições que quiserem produzir conhecimento, nada de permitir quem não quer estudar fique usando a universidade para ‘fusaca”, afirmava na publicação.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Comissão do Senado debate nesta quarta proposta para restringir aborto

Carregando imagem...

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado prevê votar nesta quarta-feira o relatório da senadora Selma Arruda (PSL-MT) favorável à PEC 29/2015, que coloca na Carta Magna a proibição do aborto em casos que já estão previstos em lei. Batizada pela bancada evangélica de PEC da Vida, na prática a proposta pode proibir ou dificultar o acesso ao aborto seguro e legal. Apesar de a relatora ter aberto exceção nos casos de risco de morte para a mãe ou gravidez decorrente de estupro, ambos já permitidos pela legislação atual, ela retirou do texto a terceira possibilidade legal, autorizada pelo Supremo Tribunal Federal em 2012 e que abrangia o aborto em caso de feto anencéfalo. Organizações temem ainda que a comissão opte por uma versão ainda mais restritiva da proposta, considerada um retrocesso na área de saúde e dos direitos reprodutivos da mulher.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Militares deram aval a aventura; decreto sobre armas é retrocesso

Os militares se deram conta de que deram aval a uma aventura. As críticas do general da reserva Eduardo Villas Boas ao guru do bolsonarismo Olavo de Carvalho evidenciam essa constatação. Se Bolsonaro fracassar, Forças Armadas pagarão parte da conta, reconheceu o ex-comandante do Exército.

O decreto de Bolsonaro afrouxando porte e posse de armas é uma forma de burlar o Estatuto do Desarmamento. Permite maior circulação de armas na sociedade e a formação de arsenais individuais.

Governo segue caminho errado, que vai aumentar violência. Questão deverá ser discutida no STF. Ouçam abaixo os comentários feitos no ‘Jornal da CBN – 2ª Edição’. Hoje foi um dia corrido.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Convenção nacional pode decidir futuro do PSDB

A convenção nacional do PSDB, marcada para o dia 31 deste mês, será emblemática para a legenda. A ala tradicional, liderada pelo ex-governador Geraldo Alckmin, vai enfrentar os seguidores do governador João Doria, que tem um discurso de ampla reformulação do partido, contando, inclusive, com expurgo de quadros envolvidos em denúncia. Nesse caso, os alvos seriam o senador Aécio Neves e o ex-governador do Paraná Beto Richa. O deputado mineiro, depois de um bom tempo mergulhado, voltou à cena política no fim de semana, durante a convenção estadual, quando pregou uma linha de independência. Foi um Aécio diferente daquele que foi atingido pelas ações do Ministério Público e da Polícia Federal, sendo forçado, inclusive, a desistir de disputar a Presidência da República e o Senado Federal.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Os fundadores da milícia Liga da Justiça querem reerguer seu império político (e cuidar dos netos)

Carregando imagem...

O clã Guimarães, liderado por Jerônimo Guimarães Filho, o Jerominho, 70 anos, compartilha uma história marcada pelo ferro das grades da prisão, fogo das pistolas e a sombra insólita do homem-morcego. Nos anos 70, Jerominho e o irmão, Natalino, eram policiais civis de destaque em Campo Grande, na empobrecida e super populosa zona oeste do Rio de Janeiro. “Sempre fomos captureiros mesmo, a gente ia pra cima”, diz o caçula, 64. O primogênito emenda: “Cansei de sair correndo de casa para defender morador, já saía trocando tiro com vagabundo”. Trilharam o caminho da vida pública: um se elegeu vereador em 2000, e o outro, deputado estadual em 2006. Mas o castelo da família logo veio abaixo. Foram presos em 2007 e 2008 e condenados em primeira e segunda instância por chefiar o maior grupo miliciano do Rio de Janeiro, a Liga da Justiça, responsável por extorsões, assassinatos e outros crimes enquanto usava símbolos de super-heróis como marca política.
Continue lendo “Os fundadores da milícia Liga da Justiça querem reerguer seu império político (e cuidar dos netos)”

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

EUA suspendem sanções contra general para que outros militares abandonem Maduro

Carregando imagem...

Os Estados Unidos anunciaram nesta terça-feira um pacote substancial de medidas para forçar a renúncia de Nicolás Maduro, justamente quando a oposição venezuelana enfrenta um período de estagnação depois do frustrado complô da semana passada para derrubar o regime chavista. O vice-presidente Mike Pence anunciou o plano na Conferência das Américas, em Washington, que inclui incentivos aos militares que abandonarem Maduro, ajuda hospitalar aos refugiados e sanções para os 33 magistrados do Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) da Venezuela se não desertarem. Além disso, suspendeu a punição ao general Christopher Figuera, que na terça-feira retirou seu apoio a Maduro. ‘Os Estados Unidos continuarão a exercer toda a pressão diplomática e econômica. Mas que saibam todos aqueles que continuarem com a repressão: todas as opções estão sobre a mesa’, advertiu Pence.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Prefeitura de Juiz de Fora sinaliza redução de ISS para autônomos

Carregando imagem...

A Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) formulou uma proposta para reduzir as alíquotas adotadas no atual modelo de cobrança do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) que incide sobre os profissionais autônomos. O novo modelo sugerido pelo Poder Executivo foi debatido nesta terça-feira (7) por representantes de diversas categorias interessadas na revisão do atual modelo tributário, durante reunião capitaneada pela Comissão Especial de Estudo sobre os Valores Referentes ao ISSQN, montada na Câmara para acompanhar as discussões. De acordo com a planilha encaminhada à reportagem pela comissão, levando em consideração a proposta debatida nesta terça, a sugestão sinalizada pelo Poder Executivo traz a redução de mais de 25% na maior alíquota anual praticada no Município, que passaria dos atuais R$ 1.922,10 para profissionais autônomos, com ensino superior, com mais de oito anos de atividade para R$ 1.427, que passaria a ser aplicada a partir de seis anos de prestação de serviços.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Irã questiona o pacto nuclear em plena escalada de tensão com os EUA

Carregando imagem...

O Irã se dispõe a ‘reduzir seu compromisso’ com o acordo nuclear de 2015 por causa da crescente pressão dos Estados Unidos. O Ministério de Relações Exteriores convocou os embaixadores dos demais países signatários do pacto (Reino Unido, França, Alemanha, Rússia e China) para lhes informar oficialmente sobre a decisão nesta quarta-feira, segundo antecipou a agência estatal IRNA na terça. De acordo com a imprensa iraniana, Teerã planeja reativar parte de seu programa atômico congelado por causa daquele acordo, mas não abandoná-lo por completo. Está previsto que o presidente Hasan Rohani se dirija à nação para explicar a medida.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais