O cubo de urânio de Heisenberg e o fracassado reator nuclear nazista

Carregando imagem...

No verão boreal de 2013, o professor de ciência de materiais da Universidade de Maryland (EUA) e especialista em aceleração de partículas Tim Koeth recebeu um estranho presente de aniversário. Envolto em um papel marrom havia um cubo metálico de cor cinza quase negra de cinco centímetros de lado (125 cm3) e 2,4 quilos de peso. Não suspeitou do que era até ler o que estava no verso do papel e que traduzido do inglês significa: ‘Trazido da Alemanha, do reator nuclear que Hitler tentou construir. Presente de Ninninger’. Koeth dedicou boa parte dos últimos cinco anos a estudar o misterioso cubo e a história por trás dele. Sua conclusão é que a Alemanha chegou bem perto de desenvolver a energia nuclear.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Uma semente chamada Nazaré Flor

Carregando imagem...

Nazaré nasceu e cresceu em um pedaço privilegiado do Nordeste do Brasil, em 1955. Itapipoca, a 130 quilômetros de Fortaleza (CE), é conhecida como ‘a cidade dos três climas’, por ter praia, serra e sertão. Ali, num cenário paradisíaco formado por dunas, lagoas de água cristalina e o mar, um pedaço do chão de areia fofa é também um pedaço da história de luta. Longe do centro da cidade de pouco mais de 56.000 habitantes, nas margens do litoral, o assentamento Maceió, composto por 12 comunidades, é símbolo da conquista de um povo liderado por mulheres.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Os impactos da asfixia financeira de Bolsonaro sobre as ciências

Carregando imagem...

Primeiro a universidade não poderá pagar água e energia. Depois os contratos de prestação de serviços (como limpeza e segurança) deixarão de ser cumpridos. Em seguida, o restaurante universitário ficará sem recursos. Programas de assistência a estudantes pobres também estão ameaçados. E se a medida não for revista, o corte comprometerá as atividades da universidade já no segundo semestre deste ano. Este é um resumo dos primeiros efeitos da asfixia financeira de Bolsonaro na educação e ciências do Brasil, divulgado por várias instituições, como a Universidade Federal do Paraná (UFPR), que teve bloqueio de 30% de suas verbas de custeio, em 48 milhões de reais. A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que teve suspensão de 41% das verbas destinadas à manutenção, no valor de 114 milhões de reais, apontou ainda o bloqueio de recursos para investimentos que impede o desenvolvimento de obras e compra de equipamentos para laboratórios e hospitais.
Continue lendo “Os impactos da asfixia financeira de Bolsonaro sobre as ciências”

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Pouso de emergência em aeroporto de Moscou deixa pelo menos 41 mortos

Carregando imagem...

Dezenas de pessoas morreram em um acidente aéreo no principal aeroporto de Moscou. O Superjet-100 que fazia o trajeto entre Moscou e Murmansk pegou fogo neste domingo no aeroporto de Sheremetievo, após fazer uma aterrissagem de emergência. As autoridades russas confirmam que 41 das 78 pessoas a bordo morreram (em uma primeira contagem, mencionaram 13 vítimas fatais) e informam que há vários feridos. A tripulação informou às agências russas que um raio atingiu o avião em pleno voo, o que levou o piloto a voltar para o aeroporto e a realizar o pouso de emergência. A companhia aérea russa Aeroflot, no entanto, fala de ‘razões técnicas’.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

A economia extrativista do coco

Aos domingos costumo andar de bike no parque do povo. A água de coco lá vendida vem direto de Rodelas na Bahia; custa R$7,00 a garrafinha na barraca da entrada. Me explicaram que os cocos vem num caminhão (mais ou menos uns 10.000 cocos), que depois são vendidos no parque dom pedro. O motorista vem […]

O post A economia extrativista do coco apareceu primeiro em Paulo Gala/ Economia & Finanças.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Tupi estreia com derrota na Série D do Campeonato Brasileiro

O Tupi fez sua estreia na Série D do Campeonato Brasileiro neste domingo (5) e seguiu sua triste sina na temporada 2019, em que os juiz-foranos ainda não conjugaram o verbo vencer. Pelo grupo A14, o time de Juiz de Fora viajou até Santa Catarina onde enfrentou o Hercílio Luz, no Estádio Aníbal Torres Costa, em Tubarão. O ocaso carijó em terras catarinenses começou a ser construído já no primeiro tempo, quando os donos da casa marcaram dois gols, com os meia-atacantes Juliano e Matheuzinho, e abriram boa vantagem, que acabou se consolidando o apito derradeiro da arbitragem, mesmo com o meia Hugo Rodrigues descontando para os juiz-foranos na etapa final.

Quando a bola rolou, as duas equipes apresentaram um desempenho bastante equilibrado nos minutos iniciais, com poucas chances de gol.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Pouso de emergência em aeroporto de Moscou deixa pelo menos 13 mortos

Carregando imagem...

Pelo menos 13 pessoas morreram, duas delas menores de idade, em um acidente com um avião de passageiros no principal aeroporto de Moscou. O Superjet-100 que fazia o trajeto entre Moscou e Murmansk pegou fogo neste domingo no aeroporto de Sheremetievo, após fazer uma aterrissagem de emergência. Além dos 13 mortos, confirmados pelo Comitê de Investigação, há vários feridos. A tripulação informou às agências russas que um raio atingiu o avião em pleno voo, o que levou o piloto a voltar para o aeroporto e a realizar o pouso de emergência. A companhia aérea russa Aeroflot, no entanto, fala de ‘razões técnicas’. O incêndio, que consumiu completamente o avião de fabricação russa, ocorreu depois do pouso, embora os investigadores tenham indicado que a fiação elétrica da aeronave pode ter pegado fogo antes.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais