Preocupação com empregos na Mercedes marca audiência pública

Carregando imagem...

O plenário da Câmara Municipal ficou pequeno para tantos trabalhadores da Mercedes-Benz, que cruzaram os braços nesta segunda-feira (15) para acompanhar os debates acerca do futuro da montadora em Juiz de Fora. Os funcionários ocuparam todo o segundo andar da Casa e assim permaneceram durante as mais de três horas de audiência pública realizada pela Comissão do Trabalho, da Previdência e da Assistência Social da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). A solicitação partiu dos deputados Celinho Sintrocel (PCdoB), que preside a comissão, Betão (PT) e Coronel Henrique (PSL). Os dois últimos marcaram presença na cidade. A preocupação unânime é com a manutenção dos empregos, após a já anunciada transferência da montagem do caminhão Actros para São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, e a possível migração do processo de nacionalização das sprinters que chegam da Argentina via Porto Seco para o Porto de Vitória, no Espírito Santo.

Betão presidiu os trabalhos e explicou que, após conversa com o Sindicato dos Metalúrgicos, ficou preocupado com a possibilidade de demissão em massa, caso o Actros realmente seja direcionado a São Paulo.

Continue lendo na Tribuna de Minas