PJF interdita depósito irregular de frutas e doa mercadoria para instituições

Visto 3 vezes

:: Diário Regional em 16/03/2019 09:40 ::

A Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaur) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) identificou e interditou um estabelecimento que servia de depósito irregular de goiabas, na Rua Benjamin Constant. As frutas eram distribuídas para ambulantes irregulares que atuavam na área central da cidade. Foram apreendidos 12 carrinhos e 14 caixas da fruta, com 40kg cada. A ação aconteceu nessa sexta-feira, 15.

De acordo com o Código de Posturas do Município, alimentos perecíveis e materiais ilegais apreendidos não são passíveis de devolução em hipótese alguma. Por isso, as frutas apreendidas foram doadas para instituições filantrópicas cadastradas na PJF, como o Centro de Promoção do Menor de Juiz de Fora (Ceprom), Curumim de Santa Luzia, e Lar dos Idosos Luiza de Marillac.

Para a ação, foram empenhados 12 fiscais de posturas das regionais Centro 1, Centro 2 e Sudeste, que receberam o apoio de três viaturas da Polícia Militar.

Segundo o supervisor responsável pela fiscalização, a ação visa a coibir o comércio ambulante irregular. “A partir disso, também garantimos a acessibilidade dos pedestres, pois essas mercadorias geralmente são vendidas nas ruas, e os carrinhos têm uma dimensão muito grande, ocupam as calçadas, e isso acaba atrapalhando o deslocamento das pessoas”, explicou.

Fonte: PJF

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais