O filho de ferroviário que aliviou a dor de milhões de pessoas com ibuprofeno

:: El Pais em 05/02/2019 23:16 ::

Em 1939, quando milhões de adultos se preparavam para matar uns aos outros na Segunda Guerra Mundial, Stewart Adams era um adolescente desorientado. Aos 16 anos, tinha decidido jogar a toalha e abandonar os estudos. Era um filho da classe trabalhadora. Seu pai, maquinista de trens, tinha problemas de visão e fora rebaixado a um emprego menos qualificado na localidade de March, um centro ferroviário no leste da Inglaterra. Nada fazia pressagiar que aquele jovem atordoado iria aliviar o sofrimento de bilhões de pessoas.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais