Morar de jeito novo e feliz!

:: TM Blogs em 08/01/2019 07:47 ::

Nosso modo de viver e a maneira como significamos nossa morada é, cada vez mais, influenciada por nossos laços sociais e por nossas experiências emocionais. A palavra-chave do momento é o compartilhamento. Integrada com as tendências contemporâneas, a Arquitetura busca a unificação dos espaços e a expressão pessoal.

Feliz-ano-novo-2-700x525.jpgFeliz Novo Morar – Projeto do Escritório Aletheia Westermann Arquitetos

No lar atual, os espaços são pensados com objetivos bem definidos: refletir o tipo de vida que levamos e nossos hábitos, como, receber a família e amigos, trabalhar home office, estudar com as crianças, ou, em outras situações, quando simplesmente queremos ficar só para nos conectar com nossa essência.

É daí a alma da Arquitetura: captar estas necessidades tão individuais e transformá-las em ambientes multifuncionais que atendam às expectativas de todos os moradores.

Feliz-ano-novo-3-700x525.jpgFeliz Novo Morar – Projeto do Escritório Aletheia Westermann Arquitetos

E são esses espaços funcionais estimulados através da unificação dos ambientes de convivência que passam a funcionar de modo prático, colaborativo e orgânico. A cozinha, por exemplo, pode ser integrada com a sala de jantar, de estar, e quando possível, com a área externa, agregando a área de churrasqueira, forno à lenha e piscina, se for o caso.

Feliz-ano-novo-700x525.jpgFeliz Novo Morar – Projeto do Escritório Aletheia Westermann Arquitetos

Outro item em destaque na casa contemporânea é a sustentabilidade. O consumidor está muito mais consciente, e a decoração, mais pautada na qualidade e durabilidade. O design se aproxima do artesanal, dos materiais naturais, pelo apelo e valor do que é pessoal e pelo significado dos objetos. Saem os excessos, mas, permanecem a leveza do essencial e no conforto de quem lá vive.

Feliz-ano-novo-1-700x525.jpgFeliz Novo Morar – Projeto do Escritório Aletheia Westermann Arquitetos

Um brinde a 2019!

O post Morar de jeito novo e feliz! apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais