A ‘Amazônia fora da lei’ de Bolsonaro

Fonte: El Pais | Felipe Betim em 24/08/2019 às 23:00 h

Carregando imagem...

A 3.000 quilômetros de distância em direção ao norte, em Rondônia, o território indígena dos Uru-eu-Wau-Wau queima. Nos últimos meses, sofreu sucessivas invasões que causaram desmatamento e, na sequência, incêndios para abrir o terreno. “Estamos denunciando desde janeiro”, conta Ivaneide Bandeira, da ONG Kanindé Associação de Defesa Etnoambiental. A fumaça que sai da reserva indígena, em teoria protegida pelo Governo Federal, viaja 400 quilômetros e chega com força à capital Porto Velho, onde mora a ativista. Em imagens divulgadas nas redes sociais se vê uma espessa névoa que faz com que mal se possa respirar. Os hospitais estão abarrotados. “Em meu bairro a sensação é de que o mundo está caindo sobre nós”, conta por telefone.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Incêndios no Brasil tensionam reunião do G7

Fonte: El Pais | Marc Bassets em 24/08/2019 às 23:00 h

Carregando imagem...

O cara a cara com Trump, em um terraço ao lado da praia deserta ocupada pelas forças de segurança, serviu a Macron para revisar todos os obstáculos que transformam o G7 em um campo politicamente minado. Significava, para citar o neologismo utilizado por um colaborador do presidente francês, de ‘des-conflitar’ a relação. Ou seja, procurar o menor denominador comum e, principalmente, jogar a carta da relação pessoal para evitar que entre sábado e domingo, quando a cúpula terminar, tudo descarrile, como aconteceu na reunião do Canadá.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Bolsonaro já perdeu a cruzada contra o meio ambiente

Fonte: El Pais | Gustavo Faleiros em 24/08/2019 às 23:00 h

Carregando imagem...

Em sua cruzada contra o meio ambiente, o presidente Jair Bolsonaro já perdeu. O que acaba de ocorrer —as queimadas no Brasil como principal notícia no mundo— é uma derrota por nocaute do discurso a Amazônia é nossa. Domesticamente, o presidente também perdeu apoio de líderes ruralistas, que temem as sanções comerciais da Europa.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Miley Cyrus, ou por que ‘mulheres difíceis’ pararam de pedir perdão

Fonte: El Pais | Noelia Ramírez em 24/08/2019 às 21:00 h

Carregando imagem...

‘Posso aceitar que a vida que escolhi signifique que eu deva ser totalmente aberta e transparente com meus fãs […] O que não posso aceitar é que digam que estou mentindo para acobertar um crime que não cometi’. Miley Cyrus fez em suas redes um discurso antológico sobre a troca de acusações em torno de seu divórcio de Liam Hemsworth, no qual se declara inocente das acusações de adultério em sua separação. Uma afirmação muito menos importante do que a verdadeira moral de seu comunicado: eis aqui uma mulher que dá um passo à frente, disposta a não pedir desculpas por suas ações ante a moral predominante.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Educação integral é meta do Plano Nacional de Educação

Fonte: Educação :: AgBrasil | Ludmilla Souza em 24/08/2019 às 20:30 h

Oferecer educação em tempo integral em, no mínimo, 50% das escolas públicas, é uma das metas do Plano Nacional de Educação (PNE). O intuito é que pelo menos 25% dos alunos da educação básica sejam atendidos. Composto por 20 metas, o PNE foi sancionado em 2014 e estabeleceu diretrizes e estratégias para a educação brasileira em um período de dez anos.

O Ministério da Educação (MEC) anunciou a meta de atingir 500 mil novas matrículas em tempo integral até 2022 – hoje são 230 mil – por meio do Compromisso Nacional pela Educação Básica, apresentado em julho. A meta é revitalizar o programa Novo Mais Educação, diminuir a evasão e melhorar os indicadores educacionais. 

A proposta do programa é ampliar a carga horária do ensino médio de 4 para, no mínimo, 7 horas diárias.
Continue lendo “Educação integral é meta do Plano Nacional de Educação”

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

O farol de Biarritz e o simbolismo da política internacional

Fonte: El Pais | Jamil Chade em 24/08/2019 às 19:30 h

Carregando imagem...

Nos dias que antecederam a chegada dos líderes à cúpula do G7, em Biarritz, o Governo da França mandou uma ordem apressada aos organizadores. O jantar de abertura do encontro, no sábado pela noite, precisava mudar. O lugar escolhido não era um restaurante de luxo. Mas o farol no pontal de Saint-Martin, no sofisticado balneário de Biarritz.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Experiência de ensino integral na PB tem foco no protagonismo juvenil

Fonte: Educação :: AgBrasil | Ludmilla Souza em 24/08/2019 às 19:30 h

A rede pública do estado da Paraíba trabalha, desde 2016, um modelo pedagógico e de gestão escolar centrado no protagonismo juvenil e no projeto de vida dos estudantes.

O Programa das Escolas Cidadãs Integrais (ECIs) e Escolas Cidadãs Integrais Técnicas (ECITs) oferece 45 mil vagas para estudantes em cerca de 150 escolas.

A jornada dos alunos é de nove horas, incluindo três refeições diárias. A metodologia foi implantada para os alunos do ensino médio, e, em algumas escolas, envolve também os alunos do 6º ao 9º ano, do ensino fundamental.

A articulação dos conteúdos da Base Nacional Comum com o currículo da parte diversificada visa formar cidadãos autônomos, solidários, competentes e socialmente ativos, com capacidade para o exercício da cidadania e habilidades para o mundo do trabalho.

Segundo o secretário de Estado da Educação da Paraíba, Aléssio Trindade, a proposta curricular proporciona aos estudantes uma aprendizagem significativa.
Continue lendo “Experiência de ensino integral na PB tem foco no protagonismo juvenil”

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

São Paulo pretende expandir ensino integral a partir de 2020

Fonte: Educação :: AgBrasil | Ludmilla Souza em 24/08/2019 às 19:30 h

Cerca de 18 mil alunos do ensino fundamental e do ensino médio do município de São Paulo têm a chance de aprender muito mais do que as lições de matemática, português e geografia. Eles ficam na escola, no mínimo, sete horas por dia e podem se integrar a projetos como Imprensa Jovem, Academia de Letras, além de aulas de dança e poesia. O objetivo da escola em tempo integral é ajudar a preparar o jovem para o mundo do trabalho, com experiências práticas em empresas, intervenções na comunidade, além de cursos profissionais e técnicos em que os estudantes escolhem as disciplinas de acordo com seus projetos de vida.

Na capital paulista, a Secretaria Municipal de Educação implementou o Programa São Paulo Integral em 71 escolas municipais em 2016. O programa foi ampliado e chegou a 146 escolas em 2019 – um aumento de 43% em relação ao ano anterior.

As aulas são ministradas por professores da rede municipal de ensino e formuladas com a participação da comunidade escolar seguindo as diretrizes do currículo da cidade de São Paulo.
Continue lendo “São Paulo pretende expandir ensino integral a partir de 2020”

Compartilhe esta postagem nas redes sociais